Screen Shot 2015-12-14 at 9.50.26 PM

Katie Hoff anuncia aposentadoria

14 de dezembro de 2015

AposentadoriasNenhum comentário em Katie Hoff anuncia aposentadoria

A nadadora americana Katie Hoff anunciou hoje sua aposentadoria da natação competitiva. Depois de um curto retorno, Hoff sofreu com problemas de saúde e disse hoje em seu instagram que embora tenha sido uma decisão extremamente frustrante, se aposentar é “a melhor escolha para sua saúda mental e física no longo prazo”.

Hoje com 26 anos, Hoff nadou sua primeira Olimpíada em 2004, com pouco mais de 15 anos de idade. Na época, piorou seus tempos frente ao que fez na seletiva americana, ficou fora da final do 400 medley e terminou em 7o no 200 medley.

katiehoff

Extremamente versátil, foi uma das melhores nadadores de meio fundo e medley da última década. Foi bicampeã mundial do 200 e 400 medley, vencendo as duas provas em Montreal-2005 e Melbourne-2007 – nessa ocasião, batendo o recorde mundial da prova com 4’32”89, em uma prova fortíssima em que ganhou por 8 segundos de diferença da segunda colocada. A marca é forte até hoje.

Com essa bagagem de dois títulos mundiais consecutivos nas provas de medley, chegou às Olimpíadas de Pequim como favorita, mas viu Stephanie Rice fazer a competição da vida. Foi bronze no 400 medley e prata no 400 livre (atrás de Rebecca Adlington por apenas 7 centésimos), além de conseguir o bronze no 4×200 livre, revezamento em que também havia batido o recorde mundial com a equipe americana um ano antes.

Depois de Pequim, Hoff disse que demorou dois anos para aceitar que tinha feito uma boa competição. Em 2009, não conseguiu se classificar para o Mundial de Roma e, em Shangai, se classificou para nadar o revezamento 4×200 livre, prova em que acabou se tornando campeã mundial mais uma vez. Na seletiva para as Olimpíadas 2012, não conseguiu chegar às finais e ficou fora da seleção americana. Depois disso, parou de nadar por um tempo e passou a se dedicar aos estudos.

O que fez Hoff mudar de ideia foi sua ida para Dubai um ano depois, como embaixadora do Mundial Júnior 2013. Ela esteve em Colorado Springs pouco antes da viagem, junto com Aaron Peirsol e Brendan Hansen, e começou a se inspirar na história de Hansen, que também voltou de uma aposentadoria. Disse que oscilou muito durante seu tempo longe das piscinas: “amava natação uma semana, odiava na outra”.

DUBAI, UNITED ARAB EMIRATES - DECEMBER 17:  Kathryn Hoff of USA poses with her Gold medal after winning the Women's 400m Freestyle final on day three of the 10th FINA World Swimming Championships (25m) at the Hamdan bin Mohammed bin Rashid Sports Complex on December 17, 2010 in Dubai, United Arab Emirates.  (Photo by Clive Rose/Getty Images)

Em Dubai ela tomou a decisão final. “Assistir aqueles jovens passarem por tudo que eu tinha passado, ficando nervosos, se preparando, se animando. Por muitas vezes nos últimos anos eu teria pensando, ‘Graças a Deus não estou la’. Aquela foi a primeira vez que eu assisti uma competição e desejei estar nadando“. Depois disso, ela foi para Miami e voltou a treinar. No meio tempo, foi pedida em casamento por seu namorado, Todd Anderson, durante a abertura de um jogo de beisebal. Os dois se casaram este ano.

Infelizmente, a volta foi interrompida por problemas de saúde. Hoff sofreu com coágulos de sangue no pulmão, passou por cirurgia e, como explicou em seu anúncio de aposentadoria, a demora em detectar os coágulos resultou na formação de um tecido que diminuiu sua capacidade pulmonar, o que tornou a natação de alto nível algo “não realista”.

Hoff disse que sua carreira foi um sonho realizado em diversas formas. “A oportunidade de viajar pelo mundo e representar os EUA em Olimpíadas e Mundiais foi uma honra. Tive meus altos e baixos mas nunca vou esquecer o que a natação me deu”.

Sempre admirei Katie Hoff, não só por seu talento incontestável, mas pela forma como sempre era gentil e sorria no pódio mesmo depois do resultado não ser o esperado. Lembro de um vídeo logo depois das eliminatórias do 800 livre nos Trials de 2012, quando ficou fora da final e encerrou suas chances de ir para as Olimpíadas daquele ano. Hoff parou para falar com a mídia (muitos não fariam isso, o que seria totalmente compreensível) e perguntada “e agora”, disse: “Agora vou soltar”, e sorriu.

Sua trajetória esse ano deixa claro o quanto ela queria continuar: mesmo depois do seu problema de saúde, ela continuou treinando e tentando. Em entrevista à Swimming World, disse que tinha dito à seu marido 3 vezes que ia parar, mas sempre se lembrava de seu “porque” e continuava. Infelizmente, os problemas de saúde a impediram.

Em seu anúncio de despedida, várias companheiras de seleção americana e adversárias comentaram como Katie Hoff foi uma inspiração em toda sua carreira. Para nós também. Desejamos todo sucesso e saúde a Katie Hoff em sua nova fase, que ela seja tão feliz como nos fez sentir quando a víamos nadar.

I have given this a lot of thought and after 1.5 of struggling with the effects of blood clots in my lungs, I have decided to officially retire from the sport of competitive swimming. While this has been an extremely frustrating decision to have to make, I have consulted with my doctor and concluded that retiring is the best choice for my long-term physical and mental health and happiness. Unfortunately, the length of time that the blood clots were undetected has resulted in a buildup of scar tissue that have decreased my lung capacity, which is significant enough to make swimming at the highest level an unrealistic option for me. I have a lot to be thankful for over the course of my career, it was a dream come true in so many ways. The opportunity to travel the world and represent Team USA at the Olympics and World Championships was truly an honor for me. Sure, I had my ups and downs, but I will never forget what swimming has given me. I can’t thank my family, coaches, teammates, friends, my agency Octagon, and the entire swimming community enough, who supported me no matter what along the way. My husband, especially, has been my rock of support and empowerment and I am forever grateful. The next chapter will be an exciting yet challenging one, but I am looking forward to all that lies ahead. 💜With Love, Katie @usaswimming @swimmingworldmag @octagon

A photo posted by Katie Hoff (@kthoff7) on

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »