Finkel – Finais Dia 2 (Tempo Real)

2 de setembro de 2014

Troféu José Finkel 2014Nenhum comentário em Finkel – Finais Dia 2 (Tempo Real)

Mais três índices foram feitos pela manhã. Daynara de Paula, Marcos Macedo e Nicholas Santos fizeram as marcas nos 100 borboleta. Daiene Marçal e Etiene Medeiros no feminino, e Glauber Silva no masculino chegaram bem próximos. Então as vagas estão ainda indefinidas.

Nos 200 peito, Felipe França chegou perto, mas tem muito nome forte com chances reais de índice. No feminino, as nadadoras estão mais distantes, mas muita gente segurou, nunca se sabe.

E ainda os 1500 livre masculino, que ultimamente tem sido bem emocionante.

Aquecimento rolando e daqui a pouco, aqui mesmo, você poderá acompanhar os resultados em TEMPO REAL!

IMG-20140902-WA0006

COBERTURA EM TEMPO REAL

200 PEITO MASCULINO
Recorde Sulamericano e Brasileiro – 2’04”35 (Henrique Barbosa – 2009)
Recorde de Campeonato – 2’05”61 (Felipe França – 2010)
Índice para Doha – 2’04”92
Dobradinha corinthiana e com índice! Thiago Simon assumiu a liderança e conseguiu segurar um bom ritmo, vencendo no final com índice da prova, garantindo sua vaga com 2’04”28. Felipe França acelerou bem no final e graças a uma excelente chegada, ficou com a prata e também com o índice com 2’04”50. O bronze fico com Tales Cerdeira com 2’06”77. Ah! Foi recorde Sulamericano!!

200 PEITO FEMININO
Recorde Sulamericano – 2’26”17 (Agustina de Giovanni – 2010)
Recorde Brasileiro – 2’26”44 (Tatiane Sakemi– 2010) 
Recorde de Campeonato – 2’21’’67 (Carina Hostman – 2010)

Índice para Doha – 2’21”64
A vitória foi da argentina Julia Sebastian destruiu o recorde sulamericano com 2’22”32. A holandesa Moniek Elizabeth 2’23”53. A melhor brasileira foi Juliana Marin com 2’27”28. Manuela do Prado e Renata Sander completaram o pódio brasileiro.

100 BORBOLETA MASCULINO
Recorde Sulamericano e Brasileiro – 49’’44 (Kaio Márcio – 2009)
Recorde de Campeonato – 50’’45 (Marcos Macedo – 2014)
Índice para Doha – 50’’73
Marcos Macedo melhorou ainda mais da manhã, baixando o recorde de campeonato com 50”06. Glauber Silva, em sua primeira competição importante após o retorno, terminou com a prata com 50”97. Nicholas Santos ficou com o bronze com 51”50 e conseguiu a segunda vaga da prova para Doha, pelo tempo feito pela manhã.

100 BORBOLETA FEMININO
Recorde Sulamericano e Brasileiro – 56”52 (Daynara de Paula – 2009)
 
Recorde de Campeonato – 57’’34 (Marieke Guehrer – 2012)
Índice para Doha – 57”79
Etiene Medeiros vence a prova com 57”40 e pega a primeira vaga para Doha. Mas e agora? Daiene Marçal Dias e Daynara de Paula EMPATARAM com 57”64!! Qual das duas pega a segunda vaga???

1500 LIVRE MASCULINO
Recorde Sulamericano e Brasileiro – 14’44”66 (Lucas Kanieski – 2013)
Recorde de Campeonato – 14’49”40 (Lucas Kanieski – 2010)
Índice para Doha – 14’43”62
Leonardo de Deus
começou um ritmo tão forte que parecia seguir em ritmo de índice e, consequentemente, recorde sulamericano. Mas após a metade da prova não aguentou o ritmo e foi ultrapassado pelos adversários. Quem fez uma prova crescente e incrível foi Brandonn Pierry, vencendo com 14’50”31, sua primeira vitória em campeonatos absolutos. O equatoriano Esteban Enderica chegou em segundo com 14’57”82. O segundo melhor brasileiro foi Lucas Kanieski com 15’01”28. E o bronze ficou com Luis Rogério Arapiraca com 15’03”91.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »