Finkel 2015: Finais Dia 3 – TEMPO REAL | Yes Swim
tempo real finkel

Finkel 2015: Finais Dia 3 – TEMPO REAL

19 de agosto de 2015

Troféu José Finkel 20152 comentários em Finkel 2015: Finais Dia 3 – TEMPO REAL

400 medley feminino

Recorde Sul-Americano: Georgina Bardach (ARG) – 4’37”51
Recorde Brasileiro: Joanna Maranhão – 4’38”07
Recorde de Campeonato: Joanna Maranhão – 4’40”65

Joanna Maranhão passou o borboleta na frente com 1’04”67, seguida de Fernanda Carobino e Florência Perotti.

No parcial de costas, Joanna segue em primeiro (2’16”43), à frente da argentina Perotti, menos de um segundo atrás.

Joanna abriu no estilo peito e já domina a prova com mais de três corpos de vantagem, parcial de 3’39”77. Perotti segue em segundo.

Ouro para Joanna com 4’43”35, seguida de Perotti com 4’51”05. A segunda brasileira foi Gabriela Mello com 4’56”83 e a terceira foi Fernanda Carobino com 4’56”83, ambas em uma intensa disputa nos últimos 50 metros.

Na final B, Julia Gerotto começou na frente mas foi superada pelo belo final de prova de Beatriz Dizotti com 5’03”62. Julia Bruna Leme terminou em segundo com 5’03”91. A terceira foi Jessica Moretti do Corinthians com 5’07”10.

400 medley masculino

Recorde Sul-Americano: Thiago Pereira – 4’08”86
Recorde Brasileiro: Thiago Pereira – 4’08”86
Recorde de Campeonato: Thiago Pereira – 4’15”26

Sem Thiago Pereira, que saiu da prova por estar em estado febril, Thiago Simon passou o borboleta em primeiro, seguido de Gabriel Ogawa.

Leonardo Santos ultrapassou todos no costas e assumiu a ponta, seguido de Ogawa e Thiago Simon.

Icaro Pereira com ótimo parcial assume a liderança na virada do peito para o crawl.

Final de prova emocionante na piscina do Pinheiros, com dobradinha que levou arquibancada a loucura. Ouro para Gabriel Ogawa, ganhando seu primeiro título absoluto, com 4’23”14, seguida de Leonardo Santos com 4’23”78. O bronze foi para Icaro Pereira com 4’24”43 e Thiago Simon foi quarto, com 4’26”59.

Na final B, vitória de Lucas Lima com 4’35”34, seguido de Bruce Hanson com 4’35”95 e Leonardo Pagotto com 4’37”67, todos do Corinthians.

50 livre feminino

Recorde Sul-Americano: Etiene Medeiros – 24”55
Recorde Brasileiro: Etiene Medeiros – 24”55
Recorde de Campeonato: Inge de Bruin (NED) – 24”39

Nenhuma nadadora conseguiu nadar para 24”. Ouro para Etiene Medeiros com 25”18, seguida de Gracielle Herrmann com 25”25 e Lorrane Ferreira com 25”42.

Na final B, Daiene Dias ficou em primeiro com 26”15, seguida de Julia Nilton com 26”20 e terceiro Mary Christiane com 26”38.

Screen Shot 2015-08-19 at 7.16.32 PM

50 livre masculino

Recorde Sul-Americano: Cesar Cielo – 20”91
Recorde Brasileiro: Cesar Cielo – 20”91
Recorde de Campeonato: Nicholas Santos – 21”55

Quarta prova do dia e terceira vitória do Pinheiros. Bruno Fratus venceu com 21”89, seguido de Italo Duarte com um ótimo 22”14 e Matheus Santana com 22”22. Marcelo Chierighini foi quarto com 22”29.

Na final B, Nicholas Santos venceu com 22”57, seguido de Daniel Orzechowski com 22”77 e terceiro para Andre Daudt com 22”91.

Screen Shot 2015-08-19 at 7.26.03 PM

800 livre feminino

Recorde Sul-Americano: Andreina Pinto – 8’25”93
Recorde Brasileiro: Joanna Maranhão – 8’32”96
Recorde de Campeonato: Poliana Okimoto – 8’40”05

Leah Neale lidera a prova nos primeiros 400 metros com 4’18, seguida de Poliana Okimoto com 4’19. Viviane Jungblut está em terceiro.

A australiana Leah Neale vence com 8’38”31,  batendo o recorde de campeonato da prova. Poliana Okimoto foi segunda com 8’42”19, e a segunda brasileira foi Viviane Jungblut, com 8’48”08. Carolina Bilich completou o pódio com 8’49”68.

Com seu parcial do 1500, Joanna Maranhão ficaria em 3o.

4×200 livre masculino

Recorde Sul-Americano: Brasil – 7’09”71
Recorde Brasileiro: Brasil – 7’09”71
Recorde de Campeonato: Minas – 7’20”20

Prova muito disputada e emocionante. O Corinthians liderou desde o primeiro parcial e venceu com 7’21”71. A disputa pelo segundo lugar foi emocionante. O Unisanta estava em segundo após o terceiro nadador, mas Gabriel Ogawa e Nicolas Nilo buscaram e travaram uma boa disputa pelo segundo lugar. Ogawa conseguiu segurar e garantiu o segundo lugar para o Pinheiros (7’21”72), enquanto o Minas (7’21”85) ficou em terceiro.

Screen Shot 2015-08-19 at 7.57.04 PM

4×200 livre feminino

Recorde Sul-Americano: Brasil – 7’56”36
Recorde Brasileiro: Brasil – 7’56”36
Recorde de Campeonato: Minas Tênis Clube – 8’08”08

O Pinheiros não teve dificuldade para ganhar o revezamento composto por Manuella Lyrio, Joanna Maranhão, Aline Rodrigues e Larissa Oliveira, com 8’05”60, novo recorde de campeonato. A prata ficou com o Minas com 8’13”61 e 0 SESI em terceiro, 8’18”96.

Posts relacionados

2 comentários em "Finkel 2015: Finais Dia 3 – TEMPO REAL"

  1. Leandro disse:

    Olá,

    A segunda colocada na final B nos 400 medley foi Bruna Leme e não Júlia Gerotto. Esta (Júlia) inclusive passou mal depois da prova.

    Abs.

    Leandro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »