mirco cevales joão luiz gomes jr

Mircão, o destaque da seletiva

21 de abril de 2016

Troféu Maria Lenk 20163 comentários em Mircão, o destaque da seletiva

Falamos dos destaques em relação a resultados no Troféu Maria Lenk, mas esses resultados são consequência de um planejamento montado por profissionais extremamente competentes: treinadores, preparadores, nutricionistas, psicólogos, médicos, etc.

Dentre esses profissionais, destacamos Mirco Cervales, um dos treinadores da equipe do Pinheiros e que acertou em cheio nessa temporada com o planejamento de seus atletas: Larissa Oliveira, João Luiz Jr., Ana Carla Carvalho, Raphael Rodrigues, Jhennifer Conceição, Pedro Cardona… todos nadando para suas melhores marcas pessoais.

Inclusive, Larissa Oliveira e João Luiz Gomes Jr foram os destaques de toda a competição.

Larissa foi a única nadadora a bater recorde sul-americano e o fez duas vezes: nos 100 livre, quase quebrando a barreira dos 54 segundos, com 54”03 e nos 200 livre com 1’57”37, não só sendo a primeira nadadora da América do Sul a baixar o 1’58, como ainda quase pulou direto para a casa do 1’56”.

Larissa Oliveira. Trofeu Maria Lenk de Natacao, realizado no Centro Aquatico Olimpico. 17 de abril de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/ SSPress

Foto: Satiro Sodré/ SSPress

Falando em pular casas, João Luiz nunca havia nadado abaixo do minuto nos 100 peito. Logo no primeiro dia, ficou a apenas 4 centésimos do recorde sul-americano de traje do Henrique Barbosa e a apenas 7 centésimos de quebrar a barreira também do 59 segundos: 59”06. Esse tempo é o segundo melhor tempo do ano até o momento e subiria no pódio no Mundial de Kazan.

Joao Gomes. Trofeu Maria Lenk de Natacao, realizado no Centro Aquatico Olimpico. 15 de abril de 2016, Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Foto: Satiro Sodré/ SSPress

Foto: Satiro Sodré/ SSPress

Sem contar, outros nadadores de Mirco que melhoraram: Pedro Cardona também baixou o minuto pela primeira vez com 59”77, a quatro décimos da vaga olímpica. Raphael Rodrigues foi mais um que nadou abaixo do índice na prova com com 1’00”48. Ana Carla Carvalho ficou muito próxima de nadar para 1’08” nos 100 peito com 1’09”19. Já Jhennifer Conceição quase nadou para 1’07” com 1’08”31.

E a natação, a cada dia sendo evoluída em detalhes, ter uma estatística de melhora tão grande é de tirar o chapéu. Parabéns Mirco pela competição, pela classificação de três nadadores e pela sua convocação como treinador pelo atleta com melhor índice técnico!

Parabéns também a todos os treinadores, que tiveram seus atletas classificados ou não, mas que fizeram dessa competição um espetáculo.

Posts relacionados

3 comentários em "Mircão, o destaque da seletiva"

  1. Josafá Ferreira Primo disse:

    Eu sempre acreditei que sabia nadar, mas só depois que o Mirxo começou a me treinar, descobri que não sabia e finalmente aprendi o que é nadar, com foco, retidão, determinação e evolução. Grande técnico e amigo. Parabéns pelos belos feitos!

  2. Ricardo Bonavides disse:

    Excepcional trabalho desse competente profissional! Quem o conhece sabe que é merecedor desse sucesso!

    Apenas uma ressalva. O texto parabeniza Mirco pelos três convocados para a Olimpiada. No entanto, até onde sei, entre os mencionados no texto, apenas dois (Larissa e João) foram convocados.

    • Carolina Moncorvo disse:

      Olá Ricardo,

      Sim, estamos considerando também Jhennifer Conceição, que foi a melhor nadadora de peito da seletiva e se o revezamento 4×100 medley se classificar mês que vem, ela entrará para o time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »