henrique martins trofeu maria lenk 2017 100 borboleta

[TEMPO REAL] ML2017 – Finais Dia 1

2 de maio de 2017

Troféu Maria Lenk 2017Nenhum comentário em [TEMPO REAL] ML2017 – Finais Dia 1

100 borboleta feminino

Melhor tempo para final: Daiane Marçal e Daynara de Paula – 59”18

FINAL: Daiene Marçal Dias foi a campeã da prova com 58”98, a menos de um décimo de Daynara de Paula com 59”07, ambas melhoraram o tempo da manhã e foram as únicas abaixo do minuto na final. Giovanna Diamante, agora no Pinheiros, terminou com o bronze com a melhor marca pessoal de 1’00”48.

100 borbo final

100 borboleta masculino

Melhor tempo para final: Henrique Martins – 51”57

FINAL: Henrique Martins nadou pela terceira vez na casa dos 51 segundos, sendo a segunda vez sem trajes. Não conseguiu melhorar a marca da manhã, mas foi o suficiente pra vencer com 51”82. Muito bem também Vinicius Lanza, fazendo a melhor marca pessoal de 52”02. Mais distante, terminou Kaio Márcio com 52”86, completando o pódio 100% Minas.

Henrique permanece como quarto melhor tempo do mundo em 2017 e Vinicius Lanza passa a ser o décimo melhor tempo.

400 livre feminino

Melhor tempo para final: Viviane Jungblut – 4’15”66

FINAL: Novo recorde brasileiro para Joanna Maranhão com 4’09”41!! A atleta parece vinho, fez 30 anos no último fim de semana e já nadou pra duas melhores marcas pessoais ainda no primeiro dia de competição. O tempo é 7 centésimos melhor que a antiga marca de Manuella Lyrio. Completaram o pódio Viviane Jungblut, também com melhor marca pessoal de 4’12”38 e Poliana Okimoto que é outro vinho da natação brasileira, com 4’14”12.

400 livre masculino

Melhor tempo para final: Luiz Altamir Melo – 3’53”89

FINAL: Incrível a prova de Guilherme Costa que por pouco não bateu mais um recorde sulamericano! Com um final de prova avassalador, levou a prova com 3’49”49, a apenas 3 centésimos do recorde de Brandonn Pierry. Mas bateu o recorde de campeonato. A prata ficou com Luiz Altamir empatado com Giulianno Rocco com 3’50”49. Provão!

100 peito feminino

Melhor tempo para final: Jhennifer Conceição – 1’08”66

FINAL: Prova bastante forte dos 100 peito (comparado à nossa realidade atual). Depois de 2009, na era dos trajes, não lembro um pódio da prova com três nadadoras nadando para 1’08” baixo. Tivemos dobradinha argentina com Macarena Ceballos para 1’08”00, deixando de nadar para 1’07” por não acertar a chegada e Julia Sebastian para 1’08”05. A melhor brasileira foi Jhennifer Conceição com melhor marca pessoal: 1’08”43.

100 peito masculino

Melhor tempo para final: Felipe Lima – 59”32

FINAL: Última prova individual dessa etapa. A luz acabou no meio da prova, e chegou a ficar sem resultado no placar. Vencedor foi João Luiz Gomes Jr com 59”41, único abaixo do minuto. Felipe Lima foi prata com 1’00”05 e Pedro Cardona bronze com 1’00”12.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »