bruno fratus 50 livre maria lenk budapeste

[TEMPO REAL] TML2017 – Finais Dia 5

6 de maio de 2017

Troféu Maria Lenk 2017Nenhum comentário em [TEMPO REAL] TML2017 – Finais Dia 5

200 peito feminino

FINAL: Provão! Viradas muito eficientes de Julia Sebastian, final de prova fortíssimo de Pamela Alencar e a vitória com recorde sulamericano de Macarena Ceballos, primeira nadadora da América do Sul a nadar abaixo de 2’27”, com 2’26”90. Julia Sebastian, antiga recordista, ficou com a prata apenas um centésimo atrás de seu antigo tempo com 2’27”04. Pamela Alencar, chegou muito próxima do recorde brasileiro, que ainda perdura da época de trajes, com 2’27”55.

200 peito feminino final

Resultado completo

200 peito masculino

FINAL: Não seguindo a mesma linha da prova feminina, além de não ser tão disputada, o nível também ficou abaixo das expectativas. Thiago Simon confirmou o favoritismo e venceu com 2’12”27. A prata ficou com Felipe Lima com 2’15”17 e na raia 8, Caio Pumputis completou o pódio com um excelente final de prova, mas longe de sua melhor marca com 2’16”00.

200 peito masculino final

Resultado Completo

50 livre feminino

FINAL: Etiene Medeiros levou a prova, com certa facilidade, liderando desde o submerso. Venceu com 24”73, nono melhor tempo do mundo esse ano. A prata ficou com Alessandra Marchioro com melhor marca pessoal: 25”10, bastante comemorado. Gracielle Hermann ficou com o bronze com 25”17.

50 livre feminino final

Resultado completo

50 livre masculino

FINAL: Prova muito disputada entre Bruno Fratus e Cesar Cielo, únicos abaixo dos 22 segundos. Cielo com seus primeiros 25 metros, Fratus com seus 25 metros finais. Bruno venceu com 21”70, seguido de Cielo com 21”79. Ítalo Manzine ficou com o bronze com 22”12.

50 livre masculino final

Resultado completo

800 livre feminino

FINAL: Muito boa prova de Viviante Jungblut, que a partir da metade da prova distanciou-se de Poliana Okimoto e venceu baixando sua melhor marca com 8’34”, apenas 2 segundos do recorde brasileiro de Joanna Maranhão, da época de trajes, sendo a segunda melhor marca brasileira da história e a primeira sem trajes. Poliana terminou com a prata com 8’43”92 e Gabriela Cordeiro com 8’51”14.

800 livre feminino

Resultado completo

1500 livre masculino

FINAL: Assumindo a liderança desde os primeiros 50 metros, Guilherme chegou a estar em ritmo de nadar abaixo dos 15 minutos, mas cansou demais, principalmente nos últimos 500. Por outro lado, Brandonn Pierry, que tem uma característica de prova sempre progressiva, teve um último terço de prova fulminante, apesar de não ter sido o suficiente para alcançar o nadador da Unisanta. Guilherme, com apenas 18 anos, venceu a prova com 15’06”35, segunda melhor marca da história da América do Sul. Brandonn Pierry ficou com a prata com 15’12”06 e a medalha mais comemorada foi de Diogo Villarinho com 15’18”15, melhorando muito sua marca pessoal.

 

Resultado completo

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »