ryan cochrane

10 problemas que só quem é fundista entende

29 de janeiro de 2016

Curiosidades4 comentários em 10 problemas que só quem é fundista entende

Só quem já foi (ou ainda é) fundista entende os sofrimentos gerados por isso. Seja no treino ou na competição, nadadores de longa metragem nunca saíram beneficiados de nenhuma situação. Por isso, a autora desse texto acredita (e nós também) que nenhum nadador escolhe ser fundista. Provavelmente, ao fim de uma série longa quando mais novo(a), seu treinador te olhou com uma cara engraçada e a próxima coisa que se lembra é de estar inscrito(a) em uma prova de 800 livre.

Segue abaixo 10 itens (a maioria traduzido e adaptado do texto de Claire Forrest) que comprovam que ser fundista é um verdadeiro desafio:

1- Perder as contas durante a série

Além de todos os pensamentos estranhos que vêm à mente durante os treinos longos. “Nossa, não ouço essa música há 10 anos, porque meu cérebro desenterrou essa repentinamente? E não me lembro do refrão! Calma, quantos metros faltam?”

2- Pessoas não prestam atenção na sua prova

“Essas pessoas que estão na piscina, estão competindo mais de um quilômetro, meus amigos. MAIS de um KM! Podem conferir seu Whatsapp agora”. Pior são as pessoas que fingem que assistem a prova inteira, mas a gente sabe que só veem os últimos 50 metros. Provas longas é a hora que todo mundo aproveita para ir na barraquinha ver uns maiôs.

3- A SporTV vai para o comercial no meio dos 800 livre

Outro legado deixado pela já inacreditável carreira de fundista de Katie Ledecky é que ela nada tão rápido, que toda sua prova cabe antes do comercial. Mas ela é uma exceção. Sua única chance de ver seu esporte na TV e você sequer consegue assistir inteiro.




4- Estar na raia do canto, onde seu treinador controla cada braçada dada durante toda a prova

Há uma pessoa que irá assistir cada segundo de sua prova, sem falar dos pulos, as corridas por todo o percurso da piscina e a agitação dos braços em sua direção com cara de bravo… seu treinador(a). “Sim, estou te vendo. Sim, sei que estou fora do ritmo.” Quando você vê seu treinador à beira da loucura, é difícil distrair.

5- Quando o treino mais desafiador de um velocista é igual ao seu polimento

E ainda tem que ouvir os velocistas falando que 200 é prova de fundo.

6- Nadar a série fraca

Não há nada pior que esperar toda a competição para perceber que você está na última série de 800 livre e tem que esperar mais uma hora para competir.




7- Quando a temperatura da piscina está quente

Enquanto a maioria dos velocistas são indiferentes à altas temperaturas, você já se desespera, pois sabe que nadará seus 1500 inteiros com a sensação de estar sendo cozido em banho maria.

8- Quando você sente sua touca ou óculos caindo aos poucos durante a prova

Fundistas têm pesadelos com isso. Você ajusta até o último momento, mas o destino insiste em atrapalhar.

9- Quando ouvir o sininho é a única coisa que te faz continuar

Todos já passaram por isso: continue a nadar. Ouvir o sininho. Você está quase lá, você é capaz!

10- A adrenalina que você sente após uma boa prova




Você se sente voando! Foi isso mesmo? Você sente que passou tão rápido. Você vai sentir a dor daqui a pouco, quando esfriar, mas agora, aproveite essa sensação. Porque há sim todos esses desafios, mas atingir um objetivo em uma prova longa é o que faz continuar, metro atrás de metro, série atrás de série.

 

Texto traduzido e adaptado de Claire Forrest

Posts relacionados

4 comentários em "10 problemas que só quem é fundista entende"

  1. Guilherme Fontanella disse:

    Não sou fundista, mas me identifiquei quando li a respeito das séries desafiadoras dos velocista… Sempre digo que 200 já é fundo. kkkkkkkkk Tenho profunda admiração pelos fundistas. Eu também gostaria de ter a mesma vocação pra rodar milhares de metros num único treino… mas nao tenho. :(

  2. Isabela disse:

    Eu escolhi ser fundista, amo as provas que nado! E tirando a 01 eu concordo com todos hahahaha… muito bom!!!!

  3. Eu acrescentaria: Quando você diz que gosta de treinar e os velocistas te xingam kkkkkk pelo menos eu :)

  4. Pimenta disse:

    Nossa…. só li verdades nisso e lembrei de vários momentos que passei por isso kkkkk
    Inclusive uma prova de 1500 num Paulista, que nos 800m eu vi o Caco me olhando com as duas mãos na cabeça kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »