pai de nadador

13 coisas que você aprende por ser mãe/pai de nadador

12 de março de 2016

Curiosidades2 comentários em 13 coisas que você aprende por ser mãe/pai de nadador

Parte traduzida de YourSwimBook e parte incrementada pela Yes Swim.

A vida de um nadador e de um pai de nadador não é fácil. Competições de todo uma semana, dias inteiros na piscina e uma temporada que nunca acaba. Da moda a um dialeto próprio, pais de nadadores adotam tanto a vida da natação quanto seus filhos.

Abaixo, 11 coisas que você aprende pelo caminho ao ser pai de nadador:

1. 2/3 do mundo é coberto por água.

Do contrário, como se explicaria a pilha infinita de toalhas molhadas? Maiôs e sungas úmidos pendurados por toda a casa? A marca de água de bunda no assento do carro, do sofá, e até no cachorro? Seu mundo todo é molhado. O tempo inteiro.

2. Se você fecha seus olhos por alguns instantes, você perde a prova do seu filho.

Apenas pais de nadadores entendem a frustração de ir em uma competição que dura um dia inteiro e perder justamente os únicos 30 segundos que seu filho nadou.

3. Você aprende um novo idioma.

“Raia” não é um animal do mar. “Balizamento” e “polimento” são palavras novas do seu vocabulário, assim como você presume que crawl e livre sejam sinônimos e tem uma nova definição para “fundo”.

4. Suas contas do mercado são surreais.

É chocante o quanto de comida seus filhos podem rapidamente ingerir. O que faz sentido – eles estão crescendo e precisam de comida para sustentar esse crescimento. Mas treinar duas vezes ao dia, mais a hiperatividade de ser criança te fazem perceber que as visitas ao Atacadão estão ficando mais frequentes.

5. Você quase já não sente mais cheiro de cloro.

Todas as pessoas possuem um odor natural que desenvolvem e que não sentem em si mesmos. Para nadadores e pais de nadadores é o cloro. Moderno em todas as estações, é o cheiro que nunca sai de moda.

6. Acordar super cedo de madrugada nunca fica mais fácil.

Algumas coisas você aprende a aceitar na vida de adulto. Coisas como responsabilidade. Comer salada. Mas acordar às 4h45 pra levar seu filho pro treino? Nunca ficará fácil.

7. Natação é mais complicado do que parece.

Supõe-se que natação é um esporte simples. Colocar um maiô, nadar para o outro lado da piscina o mais rápido que puder. Pronto. Mas há milhões de coisas que acontecem por trás das cenas, desde a legião de pessoas envolvidas aos aspectos mais detalhados.

8. Você será multifuncional.

Desde líder de torcida a um ombro para chorar, e tudo que estiver entre isso, seu pequeno atleta irá esperar você como todo tipo de apoio entre provas e treinos. Tudo que eles esperam de você é que estejam lá nos dias em que nadarem bem e nos dias que não nadarem tão bem.

9. Você tem sempre um boné, um óculos de sol e um livro separado.

Afinal, não é fácil esperar seu filho nadar aquele festival de 8 horas embaixo de um sol escaldante.

10. Nunca é tarde para novas amizades.

Ninguém entende melhor um pai de nadador do que outro pai de nadador. Mães de nadadores viajam junto e passam as competições mais tempos juntas do que com seus próprios filhos.

11. Gritar não é coisa de louco.

Gritar “Vai!” ou assobiar bem alto são coisas tão corriqueiras quanto ir ao banheiro.

12. Você é expert em materiais esportivos.

Uma das melhores formas de passar o tempo é passear pelas barraquinhas. Você sabe de cor todos os produtos que estão sendo vendidos, desde os mais tradicionais até os mais modernos e revolucionários.

13. O esporte não existiria sem vocês.

Seja para torcer, para levar seu filho no treino, para incentivar, tirar foto ou ajudar efetivamente, organizando rifas para conseguir uma viagem para a equipe de seu filho, a natação não seria possível sem vocês, pais.

Então, obrigada!

Posts relacionados

2 comentários em "13 coisas que você aprende por ser mãe/pai de nadador"

  1. Sou mãe de ex nadadores, posso dizer é tenho orgulho em ser mãe de nadador, tenho dois filhos que foram grandes nadadores e tudo que foi dito a respeito sobre mãe /pai de nadador neste site é verdadeiro e tem muito mais; tanto que não poderia deixar de dizer que agradeço a eles por terem escolhido esse esporte que os fez se tornarem homens responsáveis, disciplinados, saber que ganhar ou perder faz parte da vida e que tudo não passa de aprendizado e crescimento para a Vida!
    Sinto muita saudade dos dias que passamos a beira da piscina torcendo e ficando sem voz no dia seguinte , das viagens para acompanha-Los aos campeonatos juntamente com outros país e que nos tornamos amigos até hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »