Alguns detalhes do Troféu Maria Lenk 2013

1 de maio de 2013

Curiosidades, Troféu Maria Lenk 2013Nenhum comentário em Alguns detalhes do Troféu Maria Lenk 2013

Pode até ser exagero meu, mas vejo esse Maria Lenk como um marco, que divide a natação feminina de antes e a natação feminina (se deus quiser) do futuro. E não só a feminina não, esse Maria Lenk me deu esperanças até para as provas de fundo dos homens. Alguns fatos que marcaram (pelo menos a mim) essa edição do Maria Lenk:

  • Já que comecei falando da natação feminina, o resultado das mulheres foi algo que marcou. Não digo que já tá tudo resolvido nesse quesito, ainda há MUITO o que evoluir, mas estamos no caminho certo. Quatro nadadoras com índice individual, mesmo após a enxurrada de aposentadoria das nossas principais estrelas. Ou seja, são 4 índices individuais, sendo que Joanna Maranhão com 26 anos é, de longe, a nadadora mais velha (ops, experiente!).
  • O resultado dos juvenis e juniores, que classificaram-se para o Mundial Júnior em Dubai. A garotada fez os índices parecerem ridículos. Era índice o tempo inteiro, que nem consegui acompanhar, sem contar que muitos deles subindo ao pódio no absoluto. Alguns já vejo em 2016, facilmente.
  • Mantendo a linha “renovação”, algo que me marcou muito foi ver o revezamento 4×200 livre feminino do Pinheiros super renovado. A ponto de Larissa Martins, de apenas 20 anos, e que até ano passado era a caçula do rev., ser forçada pelas circunstâncias a ser a líder do quarteto e puxar o grito motivacional, tradicional no clube. Ela mesma disse que pensou: “Chegou minha vez, se eu não fizer, ninguém mais faz!”.
  • E por falar em revezamento, foi muito legal ver Natalia Diniz ligando para Flavia Delaroli, para que puxasse o discurso pré-prova com as meninas do 4×100 livre do Pinheiros! Ali, na hora, por telefone!
  • Quando me referi à esperança do fundo masculino, foi baseada em dois nomes: Luiz Altamir e Brandonn Pierry. O primeiro está mais para meio-fundista, nadador de 200 e 400 livre, além de 200 borboleta e fez o impressionante tempo de 3’55” na final dos 400. O segundo, parece que nada tudo o que quiser, mas destacou-se nos 1500 com absurdos 15’31” em seus 15/16 anos e 4’25” nos 400 medley!!!
  • Em 6 dias de competição, confesso que nos primeiros 5 dias não dei a menor atenção à pontuação de clubes, porque me parecia que ninguém estava muito preocupado com isso. Mas no último dia, apesar das classificações estarem praticamente definidas, podia-se notar a equipe do Pinheiros, Minas e Corinthians torcendo euforicamente nas provas, principalmente nos revezamentos, o que fez a etapa ficar ainda mais emocionante. Se o espírito fosse esse desde o início da competição, tenho certeza que resultados ainda melhores poderiam sair.
  • Preciso destacar a música de entrada da arbritagem e dos finalistas. Essa mesma música foi escolhida para a entrada dos atletas nas finais nas Olimpíadas de Atenas (se não me falha a memória), e não consegui deixar de notar, pois é simplesmente a minha música favorita há mais de 10 anos: Safri Duo – Played a Live.
  • Um ponto negativo dessa edição foi o público, ou melhor, a falta dele. Pouquíssimas pessoas na arquibancada assistindo as finais, mesmo em dias com a presença de Cesar Cielo e Thiago Pereira. Seja por causa da distância do Maria Lenk para a “cidade” do Rio, seja por causa do feriado prolongado, para mim não justifica, ainda mais com a entrada franca. Em alguns outros esportes, lotaria aquele lugar com um valor bem salgado de ingresso. Ah, e divulgação não faltou.
  • Legal também o investimento dos Correios para a organização e divulgação da competição. A “decoração” do Maria Lenk estava demais, pódio com luzes especiais, “cortina” para apresentação dos atletas. A competição tinha até um animador, que antes e entre algumas provas (provavelmente no intervalo da SporTV) fazia brincadeiras com o público que estava presente, entregando brindes. Com direito a telão filmando os casais da arquibancada, no melhor estilo NBA.
  • Quem está presente nos campeonatos absolutos há anos percebeu a mudança nas caras da competição. O que era um ambiente super familiar, agora é dominado por nadadores jovens e por enquanto desconhecidos. Raras foram as finais em que, só de olhar para o rosto do nadador(a), sabia-se quem ele(a) era.

Com certeza esqueci de muita coisa, e se lembrarem de fatos que lhe marcaram, fiquem à vontade para comentar aqui no post!

Posts relacionados

0 comentários em "Alguns detalhes do Troféu Maria Lenk 2013"

  1. Regina Coeli Pinto Lopes Sá disse:

    Assino embaixo do seu post, e muito feliz esperançosa também ! Amo a natação! Como mineira, torci muito e se pudesse estaria lá . Fico triste e decepcionada com o publico, que nao compareceu ao evento. Acho que falta apoio “oficial” , mas chegaremos lá , estamos no caminho. Me chamou a atenção tb a performance do Juan Pereyra, e dos garotos ” fundistas”( Brandon e Luiz), ao mesmo tempo que ressurge na Austrália alguns nomes nesta categoria! Parabéns a todos envolvidos e a vc pelo apoio, comentários, posts, e o amor que demonstra ao esporte!

  2. Regina Coeli Pinto Lopes Sá disse:

    Assino embaixo do seu post, e muito feliz esperançosa também ! Amo a natação! Como mineira, torci muito e se pudesse estaria lá . Fico triste e decepcionada com o publico, que nao compareceu ao evento. Acho que falta apoio “oficial” , mas chegaremos lá , estamos no caminho. Me chamou a atenção tb a performance do Juan Pereyra, e dos garotos ” fundistas”( Brandon e Luiz), ao mesmo tempo que ressurge na Austrália alguns nomes nesta categoria! Parabéns a todos envolvidos e a vc pelo apoio, comentários, posts, e o amor que demonstra ao esporte!

  3. Olimpiadasnews disse:

    Carolina…uma duvida sobre o mundial Junior… Os atletas 96/97 poderão participar da competição em Curitiba? Acho q muita coisa ainda pode mudar na convocação dessa seleção…vc nao acha?

    • Carolina Moncorvo disse:

      Sim, a seleção Júnior ainda não está definida, já que o Brasileiro Júnior também servirá como seletiva. Assim como o Sulamericano e os Campeonatos Inf. Juv e Junior de Verão do ano passado também valeram.

      • Olimpiadasnews disse:

        Desculpa Carolina mas fiz a pergunta errada… Gostaria de saber se os atletas juvenis poderão participar dessa competição. Muita gente boa pode entrar na selecao (Pedro spajari, Felipe Ribeiro e o próprio brandonn)
        Além disso como no feminino as competidoras sao mais novas boa parte de nossas atletas serão da categoria juvenil(andressa, Bruna primatti e outras)

        • Carolina Moncorvo disse:

          No regulamento do Troféu Tancredo Neves, não há nada que fale sobre isso. Mas de acordo com situações passadas, acredito que os atletas juvenis possam nadar as eliminatórias, apenas para obtenção de tempo, já que o Bras. Juvenil de Inverno não serve como seletiva.

  4. André disse:

    Um dos pontos mais positivos do TML 2013: Marcelo Chierighini!

  5. André disse:

    Um dos pontos mais positivos do TML 2013: Marcelo Chierighini!

  6. Rafael disse:

    Confere o tempo dos 400 mel do brandonn pois esta errado.

  7. Rafael disse:

    Confere o tempo dos 400 mel do brandonn pois esta errado.

  8. Gustavo disse:

    Uma coisa que me chamou a atençao foi mesmo a renovaçao da nataçao brasileira, principalmente na feminina, algo que nao acontecia a anos..para se ter uma ideia, se somarmos as idades das tres melhores brasileiras de cada prova, a prova “mais velha” é o 200m borboleta, com 23,3 anos e a mais nova com os 100 costas com 19 anos de media…. tambem acho q alguns nomes estarao em 2016. Aposto em Luiz Altamir,Branddon e Natalia de Luccas …. e voce Carolina, apota em quem???????

  9. Gustavo disse:

    Uma coisa que me chamou a atençao foi mesmo a renovaçao da nataçao brasileira, principalmente na feminina, algo que nao acontecia a anos..para se ter uma ideia, se somarmos as idades das tres melhores brasileiras de cada prova, a prova “mais velha” é o 200m borboleta, com 23,3 anos e a mais nova com os 100 costas com 19 anos de media…. tambem acho q alguns nomes estarao em 2016. Aposto em Luiz Altamir,Branddon e Natalia de Luccas …. e voce Carolina, apota em quem???????

  10. carlos oliveira disse:

    Carolina
    Teu blog é novo pra mim; e vice-versa…..rs; parabéns pelo estilo e pela clareza nas análises, fiquei freguês; sobre coisas boas: faltou a Etienne; estava pessimista com o rev-estilos sem Fabíola; postei em outro site que nem valia a pena mandar ao mundial; mas 1:01 nunca foi feito no Brasil exceto pela FM; da Travalon já esperava aquele sub-1:10.
    Sobre Etienne, só falta mais regularidade
    Abraço

  11. carlos oliveira disse:

    Carolina
    Teu blog é novo pra mim; e vice-versa…..rs; parabéns pelo estilo e pela clareza nas análises, fiquei freguês; sobre coisas boas: faltou a Etienne; estava pessimista com o rev-estilos sem Fabíola; postei em outro site que nem valia a pena mandar ao mundial; mas 1:01 nunca foi feito no Brasil exceto pela FM; da Travalon já esperava aquele sub-1:10.
    Sobre Etienne, só falta mais regularidade
    Abraço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »