ana marcela cunha

Ana Marcela fala sobre Rio 2016 para FINA: “Ninguém vai facilitar a vida de ninguém”

28 de fevereiro de 2016

Curiosidades, Maratonas AquáticasNenhum comentário em Ana Marcela fala sobre Rio 2016 para FINA: “Ninguém vai facilitar a vida de ninguém”

Todos nós sabemos que Ana Marcela é um dos principais nomes das Maratonas Aquáticas da atualidade. A FINA também sabe disso e aproveitou a segunda etapa da Copa do Mundo, onde a brasileira terminou em terceiro, para perguntar sobre sua preparação para as Olimpíadas e expectativas.

Ao ser perguntada sobre pressão: “Pressão? Há dois modos de enxergar isso: ‘sim, há pressão’, ou ‘não, há motivação’. Eu escolho a segunda opção. Nós somos 200 milhões de brasileiros. São 200 milhões nos incentivando e nos empurrando para o ouro! E é muito legal saber disso”, ainda completou: “Não tenho medo da mídia nem de nada. Estamos nos preparando da maneira correta e temos todos os motivos para acreditar que nosso trabalho colherá frutos”.

ana marcela cunha medalhas kazanAna Marcela teve um ano de 2015 espetacular. Saiu de Kazan com 3 medalhas, sendo um bronze na prova olímpica dos 10km, conquistou a melhor atleta no feminino no Prêmio Brasil Olímpico e foi eleita pela FINA a melhor nadadora de Maratonas Aquáticas. “Os Prêmios de 2015 se referem ao ano passado. Agora, preciso ganhar o ouro olímpico… assim acho que poderei ganhar o Prêmio de 2016”, brincou a nadadora.

 

A campeã mundial ainda falou sobre as condições dos mares de Copacabana, onde a prova olímpica será disputada esse ano: “Gosto das condições de lá. Já competi diversas vezes em Copacabana desde 2004, sempre com boas condições. Nunca tive problemas. Alguns dizem que a água pode estar gelada, mas isso não é um problema pra mim – eu gosto disso, é ainda melhor pro meu desempenho”.

Após fim do contrato com o SESI em Outubro e a atleta e os dirigentes não chegarem em um acordo para renovação, Ana Marcela voltou a treinar na Unisanta, refazendo a parceria com Marcio Latuf, onde deslanchou e iniciou seu trabalho nas Maratonas Aquáticas. “Voltei para meu primeiro treinador esse ano e estamos nos acostumando com novos métodos. Esta foi minha primeira competição em 2016 e os resultados do trabalho são visíveis. A competição em Abu Dhabi foi muito forte, já que 8 das 10 melhores colocadas de Kazan estavam presentes”.

Ana Marcela ficou atrás apenas da francesa Aurelie Muller, atual campeã mundial a distância olímpica, e de Poliana Okimoto, que dispensa apresentações. “Ninguém vai facilitar a vida de ninguém. Muller parece ter uma pequena vantagem, mas isso não significa nada durante os Jogos. Cada prova é diferente. Eu adapto minha estratégia durante a prova, de acordo com o desempenho das outras nadadoras”

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »