Analisando os tempos de Murilo Sartori

27 de outubro de 2015

Curiosidades2 comentários em Analisando os tempos de Murilo Sartori

Murilo Sartori é um dos grandes atletas da nova geração do Brasil. Nascido em maio de 2002, o nadador do Rio Branco já é um destaque desde o petiz.

Não chamaremos o atleta de “promessa”, porque projetar o futuro é uma tarefa impossível e não muito adequada, em nossa opinião. Vamos nos ater a analisar o atleta que Murilo Sartori é hoje, comparado com resultados de outros países do mundo.

MuriloEsse ano, como infantil 1 (13 anos), ele nadou seu primeiro Brasileiro de categoria e seu primeiro Chico Piscina e teve atuações formidáveis.

No Brasileiro, ganhou quatro ouros, levou o troféu eficiência, índice técnico, e quebrou três recordes de campeonato: o de 200 livre por 6 segundos, o de 400 livre por 12 segundos (!) e o de 100 livre 1.1 segundo, superando recorde de Jorge Azevedo que já durava 18 anos. No Chico Piscina, ganhou duas provas e levou o troféu eficiência e índice técnico, mesmo competindo com atletas um ano mais velhos.

Que Sartori é um destaque do Brasil não há dúvidas. Mas fizemos um levantamento para comparar os tempos de Sartori com atletas da mesma idade na Austrália e nos EUA, as duas maiores potências do mundo. O resultado é impressionante.

Comparamos os tempos de suas duas provas com melhor índice técnico, 200 e 400 livre. Seus melhores tempos até agora, feitos com 13 anos e 5 meses, no Chico Piscina são:
200 livre: 1’56”93
400 livre: 4’08”19

A Austrália mantém um top 10 de categoria de todos os tempos. No ranking do 200 livre para atletas com 13 anos, o tempo de Murilo Sartori no Chico Piscina é simplesmente o primeiro na lista, que tem como líder Elijah Winnington, que fez 1’57”26 ano passado. O top 10 tem nomes como Kylie Chalmers (campeão mundial júnior e integrante mais novo da seleção australiana em Kazan) e Daniel Smith.

Na prova de 400 livre, o tempo de Sartori é o segundo melhor no país em todos os tempos, atrás de Elijah Winnington. O nadador fez 4’07”78 ano passado, 41 centésimos melhor do que o tempo do nadador brasileiro. Como a Austrália considera a idade dos nadadores no dia da prova, e não o ano do nascimento, Murilo ainda tem 7 meses para superar a marca.

Veja que esse ranking tem nomes como Mack Horton, Daniel Smith e ninguém menos que Ian Thorpe. Com a mesma idade de Sartori, o futuro campeão olímpico e recordista mundial tinha 4’10”18 na prova.

Screen Shot 2015-10-20 at 5.06.59 PM

Novamente: não estamos, de maneira nenhuma, comparando Sartori com o auge dos nadadores mencionados. Dois anos depois de fazer essa marca, Thorpe simplesmente bateu o recorde mundial do 400 livre no Mundial de Perth. E muitos dos demais atletas que aparecem na lista nunca chegaram a seleção absoluta. Falamos de um fato bem concreto: com 13 anos, Sartori tem tempo melhor do Thorpe tinha com 13 anos, simples assim.

Ele também tem tempo melhor que o primeiro colocado no ranking all time da Grã Bretanha no 200 livre, e ficaria em segundo no ranking do 400.

Nos EUA, geramos o ranking do 200 livre para nadadores com 13 anos entre 1996 a 2015 com os dados disponíveis pela USA Swimming.

Considerando esse período, Sartori tem o quarto melhor tempo no 200 livre, conforme o ranking abaixo (considerando que o segundo tempo foi feito em um ano com traje).

 

200 livre

Screen Shot 2015-10-27 at 2.01.40 PM

Não encontramos nenhum tempo registrado para Michael Phelps com essa idade, mas no ranking de 14 anos, ele aparece com 1’55”37 (lembrando que, nos EUA, é considerada a idade no dia da prova, não no dia 31/dezembro do ano. Esse tempo de Phelps foi feito em 2000 – no Brasil, ele já seria juvenil 1).

No 400 livre, Sartori aparece com o quinto tempo entre todos compilados pela USA Swimming por atletas de 13 anos nos últimos 19 anos.
400 livre

Screen Shot 2015-10-27 at 2.20.38 PM

 

Fontes: Australia Swimming e USA Swimming

Posts relacionados

2 comentários em "Analisando os tempos de Murilo Sartori"

  1. Carlos oliveira disse:

    Por minha sugestão, coach Pussieldi comparou os tempos de R Raurich nos 200m com as meninas titulares do rev e algumas outras qdo tinham a mesma idade. Ela ganha com folga de todas…que tal v fazer o mesmo com Sartori versus Brandonn, De Lucca, Thiago, etc?

  2. Paulo Roberto Silva disse:

    Há algo errado com a preparação de base no Brasil? Pergunto isso porque é comum destaques de categoria que não vingarem no absoluto depois. Infelizmente o melhor tempo de 400 m livre desse atleta, hoje com 15 anos, não figura no top 10 australiano. Claro que há vários fatores envolvidos na progressão de um atleta, mas talvez falte mais preparação de longo prazo em detrimento de resultados em curto prazo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »