Europeu X Pan Pac – Qual vence?

25 de agosto de 2014

Curiosidades, Europeu 2014, Pan Pacific 2014Nenhum comentário em Europeu X Pan Pac – Qual vence?

Bom, são vários fatores que devem ser considerados. Ou melhor, ignorados. O programa de provas do Europeu, por exemplo, foi muito mais puxado. Com provas de 50 estilo e semifinais e finais para as provas até 200, enquanto o Pan Pac era apenas eliminatórias e finais.

Aliás, não considerei, naturalmente, as provas de 50 estilos, já que não tiveram na competição em Gold Coast. Também não considerei tempos feitos na Final B, ou semifinais e eliminatórias, nem revezamentos.

Mas, favorecendo os europeus, no Pan Pacific estamos falando basicamente de três potências (Australia, EUA e Japão). Quatro se considerarmos também o Brasil, que levou 4 medalhas. Enquanto na Europa, só falando de países que levaram ouro em pelo menos uma prova, foram 13.

Ainda há outros fatores como o clima. Em Gold Coast, a piscina era aberta e muitos reclamaram de frio durante as finais. Ao contrário de Berlim.

Basicamente, vendo os três melhores tempos de cada, quem subiria no pódio se unissemos as duas competições? Qual competição foi mais forte?

Considerando apenas os tempos dos nadadores, excluindo fatores externos, os tempos no Pan Pacific levariam 15 ouros, 16 pratas e 20 bronzes. Enquanto o Europeu levaria 13 ouros, 14 pratas e 6 bronzes.

De certa forma equilibrado, mas com uma certa vantagem para o Pan Pac de Katie Ledecky contra o Europeu de Katinka Hosszu.

Vamos a algumas provas que teriam sido bem emocionantes se disputadas lado a lado:

50 livre masculino (Bruno Fratus 21”44 x Florent Manaudou 21”32)
As duas finais aconteceram quase que simultaneamente. Primeiro Fratus fez a melhor marca pessoal e segundo melhor tempo do ano, em uma prova em que nem deu chances aos americanos. Depois Manaudou veio para destruir e fazer o melhor tempo do ano com 21”32, também nem teve adversário.

fratus e manaudou

200 livre feminino (Katie Ledecky 1’55”74 x Federica Pellegrini 1’56”01)
Estamos falando da sensação do momento e da recordista mundial da prova. Os tempos foram muito próximos e teria sido espetacular assistir esse duelo.

ledecky e federica

100 livre feminino (Sarah Sjostrom 52”67 x Cate Campbell 52”72)
5 centésimos separaram duas das principais velocistas da atualidade. Apesar de Cate ter nadado melhor nas eliminatórias (52”62 e melhor tempo do ano), o acirramento seria o mesmo, com vantagem para Sarah na final.

400 medley feminino (Elizabeth Beisel 4’31”99 x Katinka Hosszu 4’31”03)
Ambas nadaram boa parte da prova abaixo do recorde mundial. Em uma prova dessas, chegar com menos de 1 segundo de vantagem, imagina lado a lado.

100 borboleta masculino (Michael Phelps 51”29 x Konrad Czerniak 51”38)
Não duvido que se fosse mano a mano, a vitória seria por 1 centésimo. Seria mais interessante ainda com Ryan Lochte na briga, que terminou em segundo no Pan Pac com 51”6.

phelps e konrad

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »