aquecimento

Manual do Aquecimento

2 de julho de 2015

Curiosidades, Editoriais7 comentários em Manual do Aquecimento

Assim como na auto-escola, que o aspirante a condutor aprende as normas do trânsito, todo nadador deveria passar por um processo de aprendizagem de como se comportar no aquecimento.

Se pararmos para pensar, há tráfego intenso, há riscos, há ultrapassagens, e há gente barbeira. Beeem barbeira. Por isso, em prol de aquecimentos mais organizados e seguros a nossos atletas, proponho que leiam (e sigam) esse manual básico (e rude) de como se comportar em uma raia lotada:

Rodízio no sentido anti-horário

Vamos começar pelo básico. Aqui no Brasil (e na grande maioria dos países), o rodízio é feito da seguinte forma:
Indo pela direita e voltando pela esquerda, sempre no sentido anti-horário.

manual aquecimento 1

Onde aguardar o próximo item ou descansar?

Em qualquer lugar desse mundo, menos no meio da borda. Essa é importantíssima. A borda foi feita por duas razões, uma: armazenar a água, tranformando-a numa piscina; duas: botar a fofoca em dia dar virada. Está descansando? Quer matar a saudade do amigo? Tudo isso é lindo. Mas não faça isso no meio da borda da piscina, a não ser que queira levar uma impulsão no tórax.




manual aquecimento 2

Ultrapassagem

Vamos deixar algo bem claro: não somos lutadores de UFC. Nem Muay-thai. Logo: cotoveladas, chutes, puxões e arranhadas não fazem parte da mecânica de nado (a não ser que você seja um maratonista). A ultrapassagem é um acordo mútuo entre duas pessoas. O mais lento, sabendo que está mais lento, pode gentilmente aproximar-se da raia e ceder espaço aos mais velozes. O mais veloz, sabendo que está em um aquecimento e não no quintal da casa dele, fica sempre atento e se posiciona de modo a não encostar no ultrapassado. Um avisinho de que está passando com um leve toque no pé também não faz mal a ninguém. Todos saem felizes.
Nota: a ultrapassagem sempre é feita pelo lado externo. Lembre-se da lei da física: dois corpos não ocupam o mesmo espaço.

manual aquecimento 3

Raia de tiro

Essa parece óbvia, mas na prática infelizmente não é. Por isso vamos completar a frase.
A raia de tiro é destinada a:
a) soltura.
b) ritmo.
c) Harlem Shake.
d) tiro.
Acertou quem escolheu a alternativa D, naturalmente. Acertou também quem fez o tiro e saiu da água para ouvir as instruções do treinador e não ficou parado atrapalhando o próximo amiguinho.

Raia de ritmo

Seguindo a mesma linha de raciocínio lógico, a raia de ritmo é destinada a pessoas que querem fazer ritmo. Sendo assim, soltura não é bem-vinda ali. Nem nadadores de peito, mas não há nada que se possa ser feito quanto a isso.

Pernada de peito

Já que toquei no assunto, a não ser que você seja nadador de peito/medley, não arrisque uma pernada de peito naqueles momentos que está tentando sair da inércia, em qualquer que seja a raia. Primeiro, porque você não sabe fazer pernada de peito. Segundo, porque provavelmente tem uma vítima logo atrás de você.

Fila para dar saída

Gente, furar fila tá saindo de moda. Não gosta de pegar fila, caia mais cedo no aquecimento e faça os tiros na hora que todos ainda estiverem caindo na água. Ou, deixe para dar seus tiros nos últimos 5 minutos, correndo o risco de aparecer uma corda para atrapalhar. Mas respeite aqueles que estão passando frio há uns 10 minutos.




Aproveitando o assunto fila, se chega a sua vez de dar a saída e seu técnico está ocupado por qualquer motivo, libere o bloco para o próximo, sem empacar. A fila está acumulando por sua causa.

Nadadores de costas

Sabia que nos EUA, nadadores de costas também pegam a fila quilométrica de saída? E só ao chegar sua vez é que pulam na água. Só uma curiosidade mesmo… Acharam que eu ia falar de parafina né?
Ah! Experimentem cortar suas unhas.

Dicas extras

1- Se alguém está dando virada, esse NÃO é o momento ideal de impulsinar a borda. Aguarde mais uns segundos.
2- Saiba a hora de cair na água em uma raia central lotada, aguarde sua vez.
3- Ao sair com chinelo, preste atenção se ele realmente é seu. Aliás, preste atenção se sequer você chegou de chinelo.
4- O mesmo vale para toalhas.
5- E garrafinhas.

Selo Conteúdo Original

Posts relacionados

7 comentários em "Manual do Aquecimento"

  1. Muito bom! Semana passada numa competição que misturava masters e juvenis, tirei uma mocinha da frente da baliza que resolveu furar a fila bem na minha frente. Ela escolheu a competição errada pra ser esperta. Quem mandou mexer com “véio” ranzinza rsrsrs

  2. Wallace Chuvero disse:

    Texto muito engraçadinho fica chato!
    Mas valeu a informação.

  3. Giseli Pereira disse:

    EXCELENTE!!!!!
    Me senti aquecendo e passando por tudo isso!!
    Parabéns Carol, muito bom o seu texto!!!!

  4. Rafael Oliveira disse:

    Parabéns pelo textos, ficou muito engraçado e, principalmente, real.

  5. Debora disse:

    Muito bom e divertido!

  6. Aline disse:

    Pq peitistas são os zicas da parada e demoram pacas pra chegar ❤ bjs da que ama fazer ritmo de 200 peito hahah

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »