Maré a favor para alguns em Barcelona

10 de agosto de 2013

Curiosidades, Mundial Barcelona 2013, NotíciasNenhum comentário em Maré a favor para alguns em Barcelona

Literalmente. A Swimming World publicou hoje uma estatística que indica a possibilidade de algumas raias terem uma pequena “correnteza” a favor e outras contra.

Na verdade, durante o Mundial circularam boatos de que as raias 5 a 8 estavam favorecidas com as correntes, e as raias 1 a 4 eram prejudicadas, isso em provas de 50 metros. Já que a piscina é temporária, construída pela Myrtha Pools, pode ter havido uma espécie de desbalanceamento. Devido a disso, foram feitas análises e estatísticas que comprovaram certas anormalidades.

Tente acompanhar o raciocínio: pelo príncipio de balizamento, a raia 4 será sempre melhor que a 5, a raia 3 sempre melhor que a 6, a raia 2 sempre melhor que a 7, e a 1 sempre melhor que a 8. O que, na teoria, gera uma vantagem de medalhas sempre para as raias 1 a 4, por serem melhores balizadas. Agora imagina um imperceptível redemoinho na piscina, onde a correnteza gira para um sentido específico. No caso de Barcelona, aparentemente havia uma correnteza a favor das raias 5-8 e contra as raias 1-4. Claro que a interferência é maior para provas de 50 metros, já que o nadador só pegaria um dos lados da correnteza.

Essa semana serão feitas análises mais detalhadas e válidas, mas estatísticas mostram que, nas provas de 50 metros, das 24 medalhas disputadas (8 provas somando masculino e feminino), 17 medalhas foram distribuídas para nadadores que competiram a final nas raias 5-8 e 7 medalhas para as raias 1-4. Até aí, não significa nada, mas analisando os Mundiais de 2009 e 2011 (que aconteceram em piscinas permanentes), mostra-se uma grande vantagem de medalhas para nadadores das raias 1-4, que são melhores balizados.

Outra análise foi feita na prova de um nadador de 1500 metros, que disputou as eliminatórias na raia 2 e a final na raia 8. Em ambas provas, na grande maioria do percurso, há uma alternância de 29” e 30”, a cada parcial da prova, sendo que nas eliminatórias as parciais de 29” são sempre as idas dos 100m e na final, as parciais de 29” são sempre as parciais de volta. Se é coincidência ou não, poderemos saber ainda essa semana, mas sorte a nossa que Cesar Cielo nadou as finais nas raias 5 e 6!

Veja aqui a matéria da Swimming World.

Posts relacionados

0 comentários em "Maré a favor para alguns em Barcelona"

  1. Pedro Farias Brito disse:

    O exemplo na prova de 1500 tá errado, tá ao contrário, logo isso das medalhas nas provas de 50 deve ser só acaso. Se as raias de 5 a 8 foram beneficiadas nas provas de 50, então a volta do nadador de 1500 na raia 8 deve ser melhor, o que não condiz com a matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »