phelps criança

Vida útil do nadador

30 de janeiro de 2017

CuriosidadesNenhum comentário em Vida útil do nadador

Uma pergunta que sempre me fazem sobre natação é: “Qual a vida útil de um nadador?”.

É o tipo de pergunta que talvez nos anos 80 e 90 tivesse uma resposta, mas que vivendo nesses novos tempos, nunca soube responder. E nunca quis responder, pra ser sincera.

Vida útil é algo que a sociedade impôs pra certas atividades. Perguntar a vida útil de um atleta é ainda menos óbvio do que perguntar a vida útil do ser humano. Uns podem dizer 80, mas estão aí os centenários pra provar que é mentira. Cachorros já provaram que é possível viver mais que 15. Atletas já provaram que é possível chegar ao auge acima dos 30.

Vida útil existe até que venha alguém e prove o contrário.

Assim como Roger Federer ontem, ganhando um Grand Slam de tênis com 35 anos ou Dara Torres em 2008, ganhando a prata olímpica nos 50 livre aos 41. Ou ainda Oksana Chusovitina no Rio 2016, chegando a uma final na Ginástica Olímpica aos 40, em sua sétima Olimpíada.

Posso dar mais exemplos, não tão extremos. Poliana Okimoto ganhando sua primeira medalha olímpica aos 33 anos. Rogério Romero chegando à sua quinta olimpíada aos 35. Nicholas Santos mudando de prova e alcançando índice olímpico aos 36. Joanna Maranhão melhorando suas marcas depois de 12 anos, já com 29 anos. Brasileiros que persistiram mesmo tendo que ouvir que eram velhos demais. Inclusive, Poliana, Nicholas e Joanna ainda estão em atividade #beijonoombro

Idade é um número. E as limitações que a idade traz são relativas.

Se abriu esse post em busca de uma resposta, sinto informar que ela não existe. Ou talvez exista de forma genérica: a vida útil do nadador profissional (ou qualquer outro atleta) é exatamente aquela que ele acredita ter.

Aging is just a number. If you don’t mind, it doesn’t matter.

Uma foto publicada por Joanna Maranhão (@jujuca1987) em

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »