tae-hwan park doping

Tae-Hwan Park fora do Rio

8 de abril de 2016

Doping, Rio 2016Nenhum comentário em Tae-Hwan Park fora do Rio

Mais um caso de campeão olímpico que não estará presente no Rio. Mas nesse caso o problema não foi a não classificação em seletiva. Tae-Hwan Park que foi pego no doping em setembro de 2014 com Testosterona. Há mais de uma no, já foi indagada a presença dele nos Jogos, não pela punição dada pela FINA, que já finalizou mês passado, mas por uma regra do comitê olímpico sul-coreano que qualquer atleta pego no doping ganha uma punição extra: a proibição de competir pela seleção nacional por 3 anos após o término da suspenção imposta pela federação internacional esportiva.

“Nós chegamos à conclusão que revisar as regras de seleção para o time nacional por causa de apenas um indíviduo é inapropriado.” disse o comitê nacional.

O sul-coreano é subiu ao pódio nas duas últimas edições olímpicas, tanto na prova dos 200 livre quanto na dos 400. Nos 400 livre, foi campeão olímpico em Pequim e depois não conseguiu defender seu título, terminando com a prata atrás de Sun Yang. Nos 200 livre, tanto em Pequim quanto em Londres foi vice-campeão olímpico. Em Londres, empatado com Sun Yang, atrás de Yannick Agnel.

“Eu representei a bandeira sul-coreana desde meus 15 anos e por todo esse tempo eu nunca pensei em me dopar. Algumas pessoas próximas me perguntaram se seria justo toda a glória durante os últimos 10 anos, todo o tempo e esforço, tudo por água abaixo por eu virar um drogado”, disse Tae Hwan Park chorando em uma conferência de imprensa.

Após se compor, Tae Hwan Park disse: “Nadar é a única coisa que eu sempre soube fazer, e agora não posso mais faze-la”. E ainda acrescentou: “Eu peço minhas sinceras desculpas… é tudo minha culpa. Eu imploro por perdão. Inicialmente eu pensei que seria perdoado [pela Comitê] porque não tive a intenção de me dopar, mas ao longo das audiências, eu me arrependi por esse erro de não checar o que estavam me dando quando fui àquele hospital receber tratamento”.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »