tempestade raia 4

Carta a um nadador em início de temporada

4 de setembro de 2015

Editoriais4 comentários em Carta a um nadador em início de temporada

“Quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial. Industrializou a esperança, fazendo-a funcionar no limite da exaustão. Doze meses dão para qualquer ser humano se cansar e entregar os pontos. Aí entra o milagre da renovação e tudo começa outra vez, com outro número e outra vontade de acreditar que daqui pra diante vai ser diferente”

 

Para os nadadores, a renovação atende pelo nome início de temporada. E mais uma vez ela chegou.

Nós queremos propor um pacto: que essa seja a melhor temporada da sua vida. Se a última foi boa, essa vai ser melhor. Se a última foi ruim, essa vai ser melhor. Não melhor, A melhor. Para que essa seja a melhor temporada, todos os dias importam: todos os dias são os dias que vão formar a melhor temporada da sua vida.

Talvez as férias tenham sido curtas demais e não tenha dado tempo de fazer tudo o que você tinha em mente, talvez você tenha engordado um pouco além do que devia.

Talvez o Finkel ou o Brasileiro ou a competição da sua última contagem regressiva tenha sido bem do jeito que você esperava, talvez não. Nos dois casos, não importa mais: a próxima competição grande vai ser a competição da sua vida e ela está ai, virando a esquina.

Se você tiver repensado se era isso mesmo que queria depois do fim da última temporada, se cogitou largar tudo e se dedicar a outra coisa, se você já está cansado de contar os ladrilhos da piscina, esse recado é para você. Se essa é sua última temporada, que seja a melhor. Seja em busca da última seleção, da última melhora de tempo, do último recorde, da última medalha, ou que seja meramente para fechar sua trajetória na natação com dignidade, eu te imploro que aproveite cada dia.

Você decidiu ficar, agora faz direito.

Que se concentre em todos os treinos. Que você curta e se dedique em todos os treinos físicos, em todas as últimas repetições de série na musculação, em todos os A3, lactatos, que você sinta prazer em sentir dor pra depois poder olhar com muito orgulho para o que construiu. Que você aproveite todas as coisas simples e complexas, todos os dias e pessoas que estão a seu redor fazendo isso acontecer. Que extraia o máximo de todas as quedas na água para buscar seu melhor.

Se você veio de um resultado incrível e está possuído por aquela maravilhosa sensação de ser o dono do universo, esse recado também é para você. A única coisa melhor do que uma temporada perfeita são duas temporadas perfeitas. Você já fez 50% do caminho, mas para repetir, vai ter que se dedicar mais de 100%, de novo. É hora de repetir tudo, de seguir com a dieta perfeita, de buscar diariamente manter a sintonia com sua equipe técnica, de continuar com a mentalização que deu tão certo, de descansar ainda mais e treinar muito, muito, incansavelmente. Se sua última temporada foi incrível se agarre a tudo que deu certo com unhas e dentes e não deixe isso escapar por nada nesse mundo.




Se você já teve uma temporada perfeita e a última foi mais ou menos, por favor, não se conforme. Não se conforme em apenas pegar final A para garantir seu salário se você sabe no seu íntimo que você é um cara de estar no pódio. Não se conforme com pódio se você sabe que pode ser campeão. Não se conforme com os figurões que ganham há anos, com os favoritos: nada, absolutamente nada está garantido para ninguém nessa vida. Não se conforme com o que é mais provável. Não se conforme se já faz tanto tempo que não melhora e talvez isso não seja mais para você: é para você sim. Se precisar, mude alguma coisa (não dá para fazer o mesmo e buscar resultados diferentes). Mas faça alguma coisa. Não se conforme nunca.

Para ter a melhor temporada da sua vida, só tem um jeito: fazendo todos os dias serem os melhores dias. Ainda não inventaram outro jeito de fazer os resultados acontecerem a não ser construindo tudo um dia de cada vez. Não adianta ter a melhor touca, o melhor suplemento e o melhor psicólogo se você não colocar a cara na água e treinar direito. Com força, garra e inteligência. Vão ter dias difíceis, e eles vão ser importantes também. Nesses dias você precisa lembrar mais ainda do nosso pacto inicial: que essa é a melhor temporada da sua vida.

Na dúvida, descanse.

Não busque atalhos. Poucas coisas são mais importantes que seu sonho, uma delas é sua integridade. Se não for por você, pense em quanta gente que está diariamente ao seu lado para te ajudar e vai ser afetada e ter o trabalho manchado por causa da sua preguiça e falta de caráter.




Coma direito. A natação é para sempre, mas a vida de atleta de rendimento não é (mais um motivo para aproveitar agora). Você é o que você come.

Agradeça a Deus por ter saúde todos os dias para correr atrás do seus sonhos dentro da piscina. Se você tem isso, não existe desculpa para você não fazer tudo que está a seu alcance para chegar a sua melhor performance.

Não espere a temporada acabar para se arrepender de nada. Reavalie tudo agora e diariamente.

Boa sorte e sucesso na melhor temporada da sua vida: nos vemos na parte mais divertida, o dia do resultado final, a melhor competição da sua vida.

 

 

Posts relacionados

4 comentários em "Carta a um nadador em início de temporada"

  1. Jefferson Neves disse:

    Mto bom mesmo

  2. Simone disse:

    Está carta, vai servi para muitos atletas desmotivados! Aqueles que passar por temporadas com lesões e estão demorando a recuperar seus redimentos! Que fique está dica !!!! Não desistam dos seus sonhos, Pois todos atletas tem seus altos e baixos na natação! Um bom texto e que muitos lêem está carta e boa temporada em 2017!!!!!

  3. Bruna disse:

    Perfeitoooooooo!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »