Phelps em segundo no 100 borbo por 1 centésimo

Phelps em segundo no 100 borbo por 1 centésimo

9 de agosto de 2014

Campeonato Americano 2014Nenhum comentário em Phelps em segundo no 100 borbo por 1 centésimo

No terceiro dia de finais, o nível das provas e as marcas foram bem melhores. Veja um resumo do que aconteceu, prova a prova:

400 medley feminino 
Um dia depois de escorregar e ficar em sexta no 200 costas, Elizabeth Beisel garantiu seu lugar no Pan Pac com um ótimo 4’32”98 – com direito a diminuir o ritmo no peito e colocar quase 3 segundos na segunda colocada, Maya Dirado, 4’35”75. O tempo de Beisel é o segundo do mundo esse ano. Melanie Margalis foi terceira com 4’37”84.

Captura de Tela 2014-08-09 às 13.20.56

400 medley masculino
Tyler Clary, como era de se esperar, passou o borboleta e costas na frente, colocando dois corpos de distância sobre Chase Kalisz. O pupilo de Bob Bowman chegou muito no peito, e os dois chegaram praticamente juntos ao crawl. Mostrando estar em ótima forma, Clary teve um ótimo submerso e conseguiu colocar dois segundos sobre Kalisz, 4’09”51 x 4’11”52. O tempo é o segundo melhor do ano, atrás apenas de Kosuke Hagino. Josh Prenot foi terceiro, 4’14”85. 

Captura de Tela 2014-08-09 às 13.21.29

100 borboleta feminino
Que competição para Kendyl Stewart. Ela, que nunca esteve em uma seleção americana absoluta, já havia garantido vaga com a vitória no 50 borbo ontem. Hoje fez 57’98 e venceu no finalzinho, superando Claire Donahue (58”03) e Felicia Lee (58”14).  

100 borboleta masculino
Provavelmente uma das provas de nível mais alto da competição até o momento, e com boa dose de emoção. Phelps passou atrás, como sempre, e foi passando os oponentes no segundo 50 – lembrou bastante a prova nas Olimpíadas de Pequim, quando ele venceu Cavic por 1 centésimo. Mas, dessa vez, quem levou por um centésimo foi Tom Shields, com 51”29, deixando Phelps em segundo, 51”30. A marca é um pouco pior do que o tempo da manhã, quando Phelps fez 51”17, o melhor do mundo esse ano. Shields se igualou a Chad Le Clos com o segundo tempo da temporada. Ryan Lochte terminou em quinto, com 52”21.

Muito boa a entrevista de Phelps após a prova. Ele avaliou que para nadar na casa de 50” precisa de mais treino, que entende que o tempo que fez reflete onde ele está nesse momento e disse que “não suporta perder“, não importa por quantos centésimos. Falou ainda que não estava relaxado como costuma ficar antes da prova, “talvez porque não esteja acostumado a estar nessa forma antes de uma competição, normalmente eu olho para trás e sei que fiz todo o treinamento e tudo que preciso para me preparar”. Ele comemorou a vaga na seleção e voltou a falar que espera ter uma chance de nadar o 100 livre no Pan Pac. Vale muito a pena ver:

50 peito feminino
Jessica Hardy venceu com um corpo de distância e segundo melhor tempo do mundo esse ano: 30”12. Breeja Larson foi segunda, assim como no 200 peito, 30”64. Empatarem em terceiro Micah Lawrence e Katie Meili, 31”00.

50 peito masculino
Brendan McHugh confirmou o favoritismo nadando na raia 4 e ficou em primeiro com 27”24. Kevin Cordes, campeão do 200 peito, foi prata com 27”33, seguido de Zach Hayden, 27”69.  

50 costas feminino 
Rachel Bootsma venceu com 28”35, seguida de Cheyenne Coffman (28”42) e Olivia Smoliga (28’49). Etiene Medeiros continua com o sexto melhor tempo do mundo esse ano, à frente de todas as norte-americanas, com 27”95.

50 costas masculino 
David Plummer foi ouro com 24”82, seguido de Nick Thoman (24”91) e Shane Ryan (24”97).

Clique aqui para ver os resultados completos

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »