Finais Dia 1 – Commonwealth Games

24 de julho de 2014

Commonwealth 2014Nenhum comentário em Finais Dia 1 – Commonwealth Games

Acho que vocês leitores entendem o que eu vou dizer: como a vida fica melhor com uma competição de natação para acompanhar. As finais do Commonwealth Games hoje foram incríveis, com várias provas muito fortes. Teve até recorde mundial!

Começou com o 400 medley feminino que, até os 300 metros, teve parcial 2 segundos abaixo do recorde mundial. A inglesa Aimee Willmott liderou nas parciais de costas e peito, seguida de perto de Hannah Miley. Não teve WR (até porque, alguém lembra daquele final de prova de YE Shiwen batendo o recorde??), mas a disputa foi ótima. Miley fechou muito forte e tomou a liderança, para alegria da torcida. Com 4’31”76, ela se tornou bicampeã da prova, destruiu o recorde que bateu pela manhã e fez o segundo melhor tempo do ano (atrás apenas de Ye).

Bicampeã Hannah Miley

Bicampeã Hannah Miley (Foto: Ian MacNicol)

 

Escocesa, ela levantou a torcida e chorou durante o hino nacional na premiação. Completaram o pódio Willmott (4’33”01) e a australiana Keryn McMaster (4’36”35).

Emoção de Hannah Miley vencendo em casa

Emoção de Hannah Miley vencendo em casa

 

No 400 livre masculino, outra prova que valeu pelas marcas e pela disputa. David McKeon abriu na frente, nadou abaixo do recorde mundial até os 300 metros, mas não segurou o final de prova insano de Ryan Cochrane. Mais um bicampeão, e a marca é a melhor do mundo esse ano: 3’43”46 para o canadense, seu melhor da vida e recorde nacional. McKeon segurou a prata com 3’44”09, e James Guy foi bronze com 3’44”58. O tempo para chegar ao pódio aqui foi mais forte do que o necessário para conseguir medalha no Mundial de Barcelona.

Mais um bicampeão (Foto: Robert Cianflone/Getty Images)

Mais um bicampeão (Foto: Robert Cianflone/Getty Images)

 

No 200 livre feminino, Emma McKeon e Siobhan O’Connor fizeram a esperada disputa pelo ouro. McKeon levou, com 1’55”57, recorde australiano, da competição, e segundo melhor tempo do ano – à frente dela, apenas Sarah Sjostrom. O’Connor foi prata com 1’55”82 e Bronte Barratt, nadando na 8, foi bronze com 1’56”62.

Captura de Tela 2014-07-24 às 17.21.16

O 200 peito masculino teve outra melhor marca do mundo e mais uma disputa digna de final. Christian Sprenger, nadando pela 8, começou muito forte, passando o 100 metros abaixo do recorde mundial. Logo no inicio da segunda parcial, o australiano foi ultrapassado pelos escoceses Ross Murdoch e Michael Jamieson, que começaram um duelo particular. Murdoch levou a melhor sobre o medalhista olímpico e venceu com 2’07”30, o melhor 200 peito de 2014. Jamieson foi prata (2’08”40) e Andrew Willis (2’09”87).

Captura de Tela 2014-07-24 às 17.20.07

E quando parecia que não podia ficar melhor, veio um surpreendente recorde mundial! Foi no 4×100 livre feminino, com as australianas nadando para 3’30”98! O antigo recorde era das holandesas (3:31.72) e já durava cinco anos, desde 2009 (mesmo ano em que a Austrália batia seu último recorde mundial).

Parciais:

Bronte Campbell: 53.15
Melanie Schlanger: 52.76
Emma McKeon: 52.91
Cate Campbell: 52.16

Captura de Tela 2014-07-24 às 17.22.01

SEMIFINAIS:

50 peito feminino:  Alia Atkinson passou em primeiro para final com 30”17, segundo melhor tempo do ano e recorde do campeonato.
Tempo para entrar na final:31”52

50 borboleta masculino: Primeiro tempo na final amanhã para Ben Proud, com 23”16.
Tempo para entrar na final: 23”96

100 costas masculino: O australiano Mitch Larkin comemorou muito o 53”33
Tempo para entrar na final: 54”60

100 borbo feminino: Pouco depois de sair do pódio do 200 livre, Siobhan O’Connor voltou à piscina e se classificou para nadar na raia 4 amanhã, 57”57.
Tempo para entrar na final: 59”02

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »