Finais dia 5 – Commonwealth Games

28 de julho de 2014

Commonwealth 2014Nenhum comentário em Finais dia 5 – Commonwealth Games

Mais um dia de belas finais em Glasgow. Foram dois pódios 100% australianos, duas provas com melhor tempo do mundo e disputas acirradas. Confere como foi tudo:

200 costas masculino: Primeiro pódio 100% de Austrália na noite, com Mitch Larkin (1’55”83), Josh Beaver (1’56”19) e Matson Lawson (1’56”63). O domínio da Austrália na prova é também histórico: desde 1974 a prova é vencida pelo país na competição.

800 livre feminino: Em meio a era Ledecky, é ótimo ver disputas apertadas e fortes como a que aconteceu hoje. Hannah Miley, pela raia, 1, chegou a aparecer nos primeiros parciais, mas não foi páreo para as fundistes Lauren Boyle, Jazmin Carlin e Maclean, que protagonizaram a disputa. Para se ter uma ideia de como estava parelha, Carlin virou a parcial do 400 apenas 3 centésimos a frente de Boyle (4’09”52). Maclean chegou a tentar atacar mas a disputa ficou mesmo entre as duas.

Faltando 100 metros, Carlin disparou e garantiu o ouro, com 8’18”11, melhorando seu próprio segundo melhor tempo do ano.  Boyle (que ano passado tirou Carlin do pódio do Mundial de Barcelona por apenas 14 centésimos) foi prata com 8’20”59, seguida de Maclean, 8’20”91.

Captura de Tela 2014-07-28 às 17.16.08

 

100 peito feminino: Depois do 50 peito, mais uma prova em que Alia Atkinson não conseguiu repetir a boa performance da semifinal. A jamaicana, que tinha feito 1’06”87, foi bronze com 1’08”14. Bela prova de Sophie Taylor que ganhou colocando quase 1 segundo de diferença. A marca de 1’06”35 é novo recorde britânico e o quarto melhor tempo do mundo esse ano. A prata foi para Lorna Tonks com 1’07”34.

200 borboleta feminino: As provas olímpicas de borboleta feminino foram dominadas pelas canadenses. Depois do ouro de Katerine Savard no 100, hoje foi a vez de Audrey Lacroix levar o 200 borboleta. Seu tempo, 2’07”61, empata justamente com Savard como o oitavo melhor do mundo esse ano. A compatriota esteve na prova mas termino em oitavo. A prata ficou com Aimee Willmott, da Inglaterra, com 2’08”07. Ela já havia sido prata no 400 medley. Bronze foi para Madeline Groves (2’08”44). Se fizesse seu melhor tempo do ano, seria suficiente para ser ouro.

50 peito masculino: Disputa na unha, como uma boa prova de 50 merece! Vitória foi para o campeão mundial e olímpico Cameron van der Burgh, com 26”76, enquanto Adam Peaty fez 26”78, completando uma excelente atuação na competição. Christian Sprenger, que continua com o melhor tempo do mundo este ano e está competindo com uma lesão no ombro, foi bronze com 27”46.

Captura de Tela 2014-07-28 às 17.56.04

100 livre feminino: O começo foi para ritmo de recorde mundial: Cate Campbell virou para incríveis 25”01. Ela cansou um pouco no final e quase foi alcançada pela irmã, Bronte, mas garantiu o ouro e a dobradinha familiar: 52”68, melhor tempo do mundo esse ano, e 52”86 para Bronte, terceiro tempo. Entre elas, apenas Sarah Sjostrom com 52”73. O bronze ficou com Emma McKeon, 53”61, completando mais um pódio 100% australiano.

Captura de Tela 2014-07-28 às 18.00.08
100 borboleta masculino
: Na última prova do dia, Chad Le Clos ganhou seu segundo ouro na competição. O sul-africano, que também fez a dobradinha de ouro no 100 borboleta e 200 borboleta no último Mundial, fez 51”29, melhor tempo do mundo esse ano. A prata ficou com Joseph Schooling, 51”69, primeira medalha de Cingapura na competição. O bronze foi para Adam Battett, 51”93.

Semifinais

50 livre masculino: Ben Proud fez o sétimo melhor tempo do ano na prova e nvo recorde britânico, com 21”76. Todos os favoritos avançaram e estarão na aguardada final amanhã.
Tempo para entrar na final: 22”55

50 costas feminino: Georgia Davies também bateu o recorde inglês, com 27”61. Foram quatro nadadoras abaixo de 28”.
Tempo para entrar na final: 28”87 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »