9 provas para ficar de olho em Gold Coast [editado]

20 de agosto de 2014

Pan Pacific 2014Nenhum comentário em 9 provas para ficar de olho em Gold Coast [editado]

Pan Pacific começando e separamos alguma provas que serão imperdíveis durante essa semana:

1 – Missy Franklin e Emily Seebohm nos 100 costas
Duelo que vem sendo reeditado todo ano, desde as Olímpiadas de Londres, onde Missy foi campeã olímpica e Emily recordista olímpica e prata. Ano passado, a americana levou mais uma vez, com mais facilidade. Mais uma prata para a australiana. Será a redenção de Emily, dentro de casa? E quem sabe, se ambas estiverem inspiradas, não sai um recorde mundial…
Há só um porém: Missy hoje sentiu espasmos nas costas e a USA Swimming declarou que só saberá se irá nadar amanhã os 100 costas e os 200 livre, na véspera das eliminatórias…

2- 100 peito masculino
São simplesmente 6 nadadores abaixo do minuto. Entre eles, o brasileiro Felipe França. O japonês Yasuhiro Koseki é o melhor balizado, seguido bem de perto por Kevin Cordes. Aliás 20 centésimos separam o primeiro do sexto. E ainda tem João Luiz Jr. para torcer entre os 8 primeiros, e Tales Cerdeira. É impressionante como essa prova fica cada vez melhor em qualquer canto do mundo.

3 – Kosuke Hagino, Thiago Pereira e Tyler Clary nos 400 medley
Estamos falando do campeão e vice-campeão olímpico. Clary já foi vice-campeão mundial da prova e aposto que também quer aproveitar que não tem mais Phelps e Lochte no encalço, afinal perdeu as vagas olímpicas dos 400 medley nas últimas edições , por causa deles. E ainda por cima mais um brasileiro na prova: Thiago Simon. [Thiago Pereira saiu da prova…]

4- Fratus contra o resto nos 50
E o resto, leia-se: Nathan Adrian, Anthony Ervin, Cullen Jones, James Magnussen… A prova, como exige, vai pegar fogo. Deles, Bruno Fratus é o que tem o melhor tempo do ano. Marcelo Chierighini, Nicholas Santos e Nicolas Nilo são mais três brasileiros para torcermos.

5- 400 livre masculino
Tem tudo para ser incrível. Ousama Mellouli x Kosuke Hagino x David McKeon x Ryan Cochrane x Tae Hwan Park x Mack Horton. Provão!
Isso, claro, se todos participarem da brincadeira. Tae Hwan Park já saiu dos 200 livre… Ousama Mellouli já saiu dos 1500 livre… Querendo ou não, das 6 estrelas, são as duas que brilham mais.

6- Ryan Lochte, Ryosuke Irie, Tyler Clary nos 200 costas
Um é.. bom.. Ryan Lochte, campeão olímpico e bi-campeão mundial da prova. Tem estado no pódio da prova nos últimos 7 anos. Outro tem o melhor tempo do ano e não aguenta mais levar a prata nos últimos 5 anos. O outro é o atual campeão olímpico.

7 – Magnussen x Adrian nos 100 livre
Magnussen sempre será Magnussen, mesmo com fama de amarelão. É o atual campeão mundial, e melhor tempo da história sem trajes feitos em 2012. Mas Nathan Adrian é o campeão olímpico. E cresce na hora da verdade. Outro australiano pode surpreender, este o campeão do Nacional esse ano: Cameron McEvoy. E, ainda temos Marcelo Chierighini para ficar de olho e torcer. João de Lucca e Nicolas Nilo também estão na prova.

8- Ledecky contra o relógio
Tanto nos 1500, como nos 800, como nos 400… e até nos 200. Todas as provas podemos esperar coisas boas. Nas três primeiras, não duvido mais recordes mundiais para a americana. Considerando que saiu na seletiva americana dos 1500, um recorde mundial na teoria é quase certo. Até tem Lauren Boyle, que bateu o recorde mundial de curta esses dias, mas difícil alguém dar trabalho para Ledecky.

9- 200 medley masculino
Por fim, a prova que creio ser a mais emocionante. Por toda sua história. Michael Phelps e Ryan Lochte, além de Thiago Pereira e Kosuke Hagino. O que podemos esperar mais para um bom conto? Temos as lendas, temos o bonzinho para quem torcer, temos o “vilão”…

Veja aqui o Start List da competição.

E assista aqui ao vivo, tanto às eliminatórias, como às finais.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »