Maria Lenk 2019 – Dia 2

17 de abril de 2019

Blog, Troféu Maria Lenk 2019Nenhum comentário em Maria Lenk 2019 – Dia 2

Todas as fotos são de Satiro Sodré/SSPress

200 peito masculino 

Prova muito boa de Caio Pumputis, baixando de 2’10 pela primeira vez com 2’09”93.  O nadador do Pinheiros liderou a prova com facilidade e fez o melhor índice técnico da competição até o momento (926 pontos), devendo conseguir vaga para o Mundial da Coréia. Nascido em 1999, Pumputis é destaque desde as categorias de base em provas de peito e medley.

Andreas Mickosz terminou em segundo, com 2’12”70, e Raphael Rodrigues completou o pódio, com 2’12”79.

Trofeu Maria Lenk de Natacao. Parque Aquatica Maria Lenk. 17 de abril de 2019, Rio de Janeiro, RJ Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA.

200 peito feminino

Prova muito forte, com novo recorde sul-americano para a argentina Julia Sebastian, baixando de 2’25 pela primeira vez com 2’24”92. Macarena Ceballos, também da Argentina, terminou em segundo com 2’27”71.

A primeira brasileira foi Bruna Leme (2’29”76), conquistando ouro no Troféu Brasil pela primeira vez depois de uma disputa acirrada com Pamela Alencar, vencendo por apenas 5 centésimos. Gabrielle Assis foi a terceira brasileira, com 2’30”60. Bons tempos, com uma bela melhora no nível técnico da prova.

Trofeu Maria Lenk de Natacao. Parque Aquatica Maria Lenk. 17 de abril de 2019, Rio de Janeiro, RJ Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA.

100 borboleta masculino 

Vinícius Lanza fez o sexto melhor tempo do mundo este ano, com 51”66, segundo melhor índice técnico da competição até aqui. Campeão da prova no NCAA este ano e medalhista de Mundial Júnior da prova há dois anos, Lanza continua em uma boa evolução.

Iago Amaral ficou em segundo lugar com 52”47 e Gabriel Fantoni ficou em terceiro, com 52”68.

Trofeu Maria Lenk de Natacao. Parque Aquatica Maria Lenk. 17 de abril de 2019, Rio de Janeiro, RJ Brasil. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA.

100 borboleta feminino

Bela prova de Giovanna Diamante, quebrando a barreira dos 59”pela primeira vez, com 58”57, terminando como a primeira brasileira na prova. O ouro ficou com Mallory Comerford, com 58”48, chegando a sua segunda vitória na competição. Daynara de Paula passou em primeiro (27”12) mas cansou um pouco na volta, terminando com 59”04. Clarissa Rodrigues foi a terceira brasileira, com 59”32.

800 livre masculino 

Bela prova de Miguel Valente, que abriu mais de um segundo a partir dos 300 metros e foi ampliando a distância, vencendo com 7’55”73. Diogo Villarinho, que venceu a prova de 5km de maratonas aquáticas no domingo e garantiu vaga para o Mundial, chegou em segundo lugar com 7’58”36. Bruce Hanson ficou com o bronze com 8’01”18.

O recordista sul-americano da prova Guilherme da Costa não nadou bem, nadando para 8’03”22, 13 segundos cima de sua melhor marca, terminando em quarto lugar.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »