BrandonnAlmeida. Campeonato Mundial de Desportos Aquaticos. Duna Arena. 29 de Julho de 2017, Budapeste, Hungria. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

BDP17: Eliminatórias Dia 8

30 de julho de 2017

Mundial Budapeste 2017Nenhum comentário em BDP17: Eliminatórias Dia 8

400 medley feminino

A maioria das nadadoras pioraram bem seus tempos pela manhã. Considerando ser uma das provas mais desgastantes da programação e já no último dia, é natural que o rendimento caia.

Katinka Hosszu também piorou bem, 7 segundos mais precisamente, mas suficiente para passar para a final com o primeiro tempo: 4’33”90.

Mireia Belmonte, Elizabeth Beisel, Sydney Pickrem, Leah Smith e Hannah Milley também passaram. Tempo para entrar na final: 4’37”14.

Joanna Maranhão terminou na 11ª posição, com 4’41”29, tempo pior que seu recorde brasileiro, mas o melhor já feito pela manhã em sua carreira.

20535904_10159035524235099_256767731_o

Joanna Maranhao. Campeonato Mundial de Desportos Aquaticos. Duna Arena. 30 de Julho de 2017, Budapeste, Hungria. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Joanna Maranhao. Campeonato Mundial de Desportos Aquaticos. Duna Arena. 30 de Julho de 2017, Budapeste, Hungria. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

400 medley masculino

Brandonn Pierry terminou a série dele em quarto lugar com o terceiro melhor tempo da vida: 4’13”13, poucos centésimos atrás do japonês Daiya Seto, bi-campeão mundial da prova.

Isso praticamente o garantia para a final, mas mais do que isso, apenas um nadador da última série fez melhor que seu tempo, deixando o brasileiro na quinta posição para a final de hoje à tarde. Brandonn chorou muito após garantir a classificação, disse que o período depois dos Jogos do Rio foi muito difícil e que agora quer se divertir na final e fazer o que mais gosta, nadar. Veja abaixo a entrevista dele na zona mista:

O melhor tempo para final é do campeão mundial dos 200 medley, Chase Kalisz, com 4’09”79. Seguido pelo britânico Max Litchfield com 4’10”57 e pelo dono da casa, David Verraszto, que vai fazer a torcida gritar muito na final, com 4’11”89.

Quem também passou para a final foi o campeão olímpico Kosuke Hagino, com o sétimo tempo.

 

20503043_10159035524155099_781050850_o

 

4×100 medley feminino

Os Estados Unidos passaram tranquilamente com o melhor tempo para a final, mesmo poupando todas suas nadadoras. China, Canadá, Russia, Australua, Italia, Suécia e Grã-Bretanha são as outras 7 finalistas.

20542928_10159035537430099_1139039875_o

4×100 medley masculino

Brasileiros conseguiram se classificar para a final com o quinto tempo, mesmo com Guilherme Guido e Felipe Lima nadando acima de seus tempos. Ainda teremos Marcelo Chierighini no lugar de Bruno Fratus na final, lembrando que ele fez 46”8 no revezamento 4×100 livre.

Guilherme Guido (54”11), Felipe Lima (59”51), Henrique Martins (51”03) e Bruno Fratus (47”73), somando 3’32”38.

Temos uma boa margem de melhora para a tarde. O melhor tempo da final ficou por conta dos Estados Unidos nadando com 100% da equipe B com 3’29”66.

20517316_10159035587550099_1752409233_o

Felipe Lima. Campeonato Mundial de Desportos Aquaticos. Duna Arena. 30 de Julho de 2017, Budapeste, Hungria. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Felipe Lima. Campeonato Mundial de Desportos Aquaticos. Duna Arena. 30 de Julho de 2017, Budapeste, Hungria. Foto: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »