katie ledecky 1500 livre budapeste 2017

BUDAPESTE 2017 – TEMPO REAL Finais Dia 3

25 de julho de 2017

Mundial Budapeste 2017Nenhum comentário em BUDAPESTE 2017 – TEMPO REAL Finais Dia 3

200 livre masculino

Que prova disputada!! Difícil até raciocinar com a torcida alucinada com a presença do húngaro Dominik, que passou os primeiros 50 na frente, e estava em segundo até os 150 metros.

Sun Yang já passou bem os primeiros 100 metros e, como sempre, com o melhor final de prova, venceu a prova com 1’44”39, único abaixo do 1’45”. O chinês foi campeão olímpico no Rio e já está com dois ouros aqui em Budapeste.

A prata ficou com o americano Townley Haas com 1’45”04, seguido de perto pelo húngaro Aleksandr Krasnykh com 1’45”23. Tanto o último campeão mundial da prova, James Guy, quanto seu conterrâneo Duncan Scott, ficaram fora do pódio.

sun yang 200 livre masculino budapeste 2017

1500 livre feminino

Ledecky começou os primeiros 50 metros já um corpo de vantagem sobre a segunda colocada. É uma superioridade que chega a ser cômica. Sua passagem dos 100 metros é meio segundo abaixo do recorde mundial.

A partir dos 150, já estava atrás da linha do recorde, que ela estabeleceu no último mundial. Passou os 400 com 4’06”84.

Enquanto isso, a disputa pela prata tinha 5 nadadoras, dentre elas Mireia, Kristel e Boglarka.

A partir dos 500 metros, Kristel começou a ficar pra trás.

E a partir dos 1000, enquanto a distância de Ledecky só aumentava, na disputa pela prata, Mireia Belmonte e Simona Quadarella conseguiram fugir da chinesa e da húngara, para tristeza da torcida.

Katie Ledecky venceu com 15’31”82, 6 segundos acima de seu recorde mundial. Mireia Belmonte, com os últimos 200 metros muito fortes, deu mais de um corpo de distância da italiana e ficou com a prata com bons 15’50”89. Simona Quadarella terminou com o bronze com 15’53”86.

1500 livre feminino katie ledecky budapeste 2017

50 peito masculino

Semifinal 1

Felipe Lima levou a primeira série com um nado bastante consistente, fazendo melhor tempo da carreira: 26″68, apenas 1 centésimo atrás do recorde sulamericano de Joao, batido hoje de manhã. Cameron Van Der Burgh chegou em segundo com 26”74 e Kevin Cordes em terceiro com 26”86. Fabio Scozolli, que teve o melhor começo de prova, também nadou abaixo de 27 com 26”96.

Semifinal 2

NOVO RECORDE MUNDIAL!!! Adam Peaty não só baixou ainda mais o recorde mundial feito pela manhã, como quebrou a barreira dos 26 segundos com 25″95!!!!

João Luiz Gomes Jr, que não teve uma boa saída, conseguiu se classificar com o quinto tempo com 26”85. Todos os classificados nadaram abaixo de 27.

50 peito masculino semifinal AdamPeaty recorde mundial Budapeste 2017

100 costas feminino

MAIS UM RECORDE MUNDIAL!!!! Kyle Masse ficou ontem a apenas 6 centésimos e hoje conseguiu quebrar a marca que durava desde a era dos trajes. Agora com 58″10!!!

Kathleen Baker ficou com a prata, após passar com o primeiro tempo para 58″58 e um centésimo depois chegou a campeã mundial de Kazan, Emily Seebohm com 58″59.

100 costas feminino Kylie Masse Recorde Mundial BUdapeste 2017

100 costas masculino

Chinês teve uma saída muito forte, passando os primeiros 50 metros 1 centésimo abaixo do recorde mundial com 25”12. Mas não conseguiu ter um final de prova forte o suficiente para bater a marca mundial de Ryan Murphy. Jiayu, aliás, sequer nadou abaixo dos 52 segundos, mas foi o suficiente para seu primeiro título mundial, com 52”44. O campeão olímpico e detentor do recorde ficou com o bronze com 52”59. Matt Greevers levou a prata com 52”48.

O campeão mundial de Kazan, Mitchell Larkin, terminou apenas na sexta posição com 53”24.

Guilherme Guido conseguiu baixar o tempo feito nas eliminatórias e semifinal com 53”66, terminando em sétimo.

100 costas masculino Jiahu Xu budapeste 2017

200 livre feminino

Semifinal 1

Emma McKeon passou os primeiros 100 metros na frente com 55”61, mas não conseguiu segurar a americana Katie Ledecky no final da prova, mesmo ela tendo acabado de nadar os 1500. Ledecky venceu com 1’54”69, seguida da australiana com 1’54”99.

Veronika Popova foi a terceira colocada da série com 1’55”08

Leah Smith com  1’56”34 pode ficar de fora da final, terminando em quinto na primeira série.

Semifinal 2

Série muito mais fraca que a primeira, mas uma coisa sabemos, se as nadadoras deixam Federica Pellegrini passar junto nos 150 metros, dificilmente vão segurar os últimos 50 metros da italiana. Federica venceu a série com 1’55”58, seguida por Katinka Hosszu com 1’55”98.

Leah Smith conseguiu passar para a final em oitavo e a sueca Michelle Coleman ficou de fora da final.

200 livre feminino semifinal budapeste 2017

200 borboleta masculino

Semifinal 1

Daiya Seto passou os primeiros 100 metros para 54”44, liderando a primeira série e aumentou a distância na segunda parcial, levando a série com 1’54”03, seguido por Jack Conger, mais de um segundo depois com 1’55”30. Leonardo de Deus passou em quinto com 55”08, mas já nos 150 estava em sétimo, mantendo a colocação no fim da prova com 1’56”85, piorando bem seu tempo da manhã.

Semifinal 2

Com Tamas Kenderesi e Laszlo Cseh presentes na segunda série, imagina o barulho durante a prova. Chad Le Clos começou o primeiro 50 já bem na frente, mantendo a distância nos primeiros 100, passando bem forte pra 53”37. Laszlo Cseh passou em segundo, mais de um segundo depois com 54”52.

Mas o final de prova dos dois húngaros foi muito forte e levou a torcida à loucura! Laszlo em primeiro com 1’54”22, seguido de Tamas com 1’54”98.

Chad Le Clos terminou em terceiro na série, mas classificou-se tranquilamente pra final.

200 borboleta masculino semifinal budapeste 2017

100 peito feminino

TERCEIRO RECORDE MUNDIAL da etapa!!! Mas não foi de Yulia Efimova! A atual campeã olímpica da prova, agora também é campeã mundial e recordista mundial com 1’04”13. A americana já passou muito forte nos 50 com 29”80!

A russa passou em segundo com 30”34, mas não conseguiu segurar a outra americana, que terminou com a prata para fazer dobradinha para os EUA com 1’05”03. Efimova ficou com o bronze com 1’05”05, piorando bem o tempo da semifinal.

100 peito feminino Lilly King Recorde Mundial Budapeste 2017

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »