michael andrew mundial junior indianapolis 2017

Michael Andrew, o futuro da velocidade?

29 de agosto de 2017

Mundial Júnior Indianapolis 2017Nenhum comentário em Michael Andrew, o futuro da velocidade?

Há exatos 3 anos, já havíamos falado sobre o potencial do nadador Michael Andrew, na época, com 15 anos de idade. Não foi bem uma visão da mãe Dinah, dado que o americano já era foco dos holofotes ao tornar-se o mais novo nadador a virar profissional, um ano antes. Michael já vinha há anos batendo diversos recordes de categoria, muitos pertencentes à Michael Phelps, o que tornou inevitável a comparação.

Mas devido ao seu método diferente de treino, o destino velocista da jovem promessa já era certo. Não à toa, venceu 3 das 4 provas de 50 metros no Mundial Junior esse ano, com recorde mundial Junior. E ainda levou o bronze na quarta prova. Em 2015, já havia estreado na competição, com apenas 16 anos de idade. Foi premiado como melhor nadador da competição, com a maior soma de pontos.

Esse ano, sagrou-se novamente o melhor nadador, indo embora com ainda mais medalhas e mais recordes que a última edição.

Seu tempo mais surpreendente foi na prova dos 50 livre, onde ainda nas eliminatórias nadou para 21”75, tornando-se o primeiro nadador Junior a nadar abaixo dos 22 segundos. Consistente, nas semifinais fez 21”79 e na final voltou a repetir os 21”75. Com esse tempo, Andrew passaria para a final da prova no Mundial de Budapeste, esse ano, inclusive deixando Cesar Cielo de fora.

Nos 50 borboleta, seu tempo de 23”22 feito na final também estaria entre os 8 primeiros do Mundial de Budapeste. Mesma coisa no costas, onde terminaria em quinto com seus 24”63.

Daí, você me pergunta: “Mas Carol, tivemos nadadores Junior subindo no pódio em Budapeste. O que faz Michael Andrew destacar-se?” Em provas de velocidade, o tempo de maturação de um nadador tende a ser mais lento, pois são provas que exigem muito mais força, que geralmente é adquirida depois dos 20 anos. Michael Andrew já nadar para 21”7 com 18 anos de idade é inacreditável.

Nosso recordista mundial, Cesar Cielo, com 18 anos baixava os 23 segundos pela primeira vez. Mesma coisa, Bruno Fratus.

Esperamos apenas que o treinamento específico que Michael Andrew faz desde os 12 anos não o limite a nadar apenas provas de 50 metros, pois mesmo bastante versátil e rápido, só disputará os 50 livre em Olimpíadas.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »