Brasileiros fora das finais de amanhã

3 de agosto de 2015

Mundial Kazan 2015Nenhum comentário em Brasileiros fora das finais de amanhã

Tivemos três brasileiros nas semifinais hoje e nenhum avançou para a final. Até o momento, o Brasil soma três finais na competição, com Cesar Cielo e Nicholas Santos, na prova de 50 borboleta, e o revezamento 4×100 livre masculino.

100 costas feminino
A melhor participação do dia do Brasil nas semifinais. Etiene Medeiros piorou frente ao PAN, mas nadou pela segunda vez na vida na casa de 59”e ficou a apenas uma posição da final, em nono. Ela foi também a única brasileira a melhorar frente aos tempos da manhã. Emily Seebohm classificou em primeiro com melhor tempo do ano, 58”56 e é favorita para o ouro… ou será que Missy vai aprontar para a australiana de novo? Katinka Hosszu saiu da prova para focar no 200 medley e será uma ausência importante.

Screen Shot 2015-08-03 at 8.29.48 PM

100 costas masculino
Segunda semifinal muito forte, com 6 atletas avançando, e apenas 2 da primeira: Matt Greevers, o atual campeão, e Liam Tancock. Jeremy Stravius, campeão em 2011 e bronze na última edição, ficou fora da final, Ben Treffers, da Austrália e um dos favoritos, foi desclassificado. Foram 3 nadadores na casa de 52” na semifinal. Guilherme Guido piorou 3 décimos do tempo da manhã e terminou em 14o com 53”88.

Screen Shot 2015-08-03 at 8.13.44 PM

100 peito feminino 
Ruta e Efimova foram as únicas abaixo de 1’06 e amanhã travarão um duelo particular. Destaque ainda para o novo recorde jamaicano de Alia Atkinson com 1’06”21 e para Kanano Watanabe, que nadou para 1’06”64, se classificou para a final, e pouco depois já estava na piscina para conquistar a prata no 200 medley. A medalhista do último Mundial Jessica Hardy (1’07”22) e Rikke Pedersen (1’07”42) ficaram fora da final – novamente, os EUA não terão nenhum representante na prova na final.

Screen Shot 2015-08-03 at 8.26.11 PM

200 livre masculino
Semifinais foram fortes, com 10 nadadores abaixo de 1’47. Ryan Lochte, nadando na raia 1, fez o melhor tempo do ano no dia em que completou 31 anos: 1’45”36. Amanhã ele buscará sua 24a medalha de Mundial de piscina longa. James Guy, prata no 400 livre, está na cola com 1’45”43. A briga será muito boa com Cameron McEvoy, Chad Le Clos, Sun Yang, Paul Bierderman… só fera.

O brasileiro João de Lucca terminou em 16o com tempo quase um segundo pior que o das eliminatórias: 1’48”23. Com sua marca no PAN ele entraria na final com o 8o tempo.

Screen Shot 2015-08-03 at 8.07.51 PM

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »