Ledecky vence 200 livre e se aproxima de marca histórica

5 de agosto de 2015

Mundial Kazan 2015Nenhum comentário em Ledecky vence 200 livre e se aproxima de marca histórica

A expectativa pela final de 200 livre era grande. Na piscina, só fera: Federica Pellegrini (medalhista de Mundial na prova desde 2005), Missy Franklin (atual campeã), Katinka Hosszu, Femke Heemskerk. Nadando na raia 7, Katie Ledecky faria sua estreia na prova em grandes competições. Em Barcelona, no seu primeiro Mundial, ela nadou apenas as provas de 400, 800 e 1500 livre (vencendo todas). Nas Olimpíadas, apenas o 800 livre (venceu também).

Katie+Ledecky+Swimming+16th+FINA+World+Championships+VpxLaJnRFlQl

A disputa foi boa como esperado, mas o tempo nem tanto. Os três melhores tempos do ano continuam sendo de competições anteriores ao Mundial: Femke Heemskerk com 1’54”68 em Eindhoven é a líder, Sarah Sjostrom com 1’54”77 em Bergen é a segunda, e Federica Pellegrini com 1’55”00 em Vichy é a terceira. Mas ranking mundial é diferente do Campeonato Mundial, e no Mundial, o que vale é bater na frente. Sarah assistiu da arquibancada as especialistas do 200 livre serem superadas pela fundista e imbatível Katie Ledecky. Aos 18 anos, Ledecky nadou 7 provas em Mundiais e Olimpíadas. Nunca perdeu nenhuma.

Femke abriu na frente com 55”84. A empolgação pode ter custado o título: quando fez o melhor tempo do ano, Femke passou mais de um segundo mais fraco, com 56”96. A holandesa ainda segurou a ponta até os 150 metros, mas cansou muito e fechou para 30”98, de longe o pior entre todas as finalistas.

A batalha pelo ouro ficou entre Katie Ledecky, Federica e Missy, todas com ótimos finais de prova. Katie já passou em segundo no 150 metros e ficou claro que seria difícil tirar dela o ouro. Se tem alguém que podia fazê-lo, era Federica: conhecida por seu final de prova, a italiana forçou muito e fechuo 29”23, o melhor entre todas as finalistas. Não deu para ultrapassar Ledecky, que foi ouro com 1’55”16. Franca favorita ao título do 800 livre, se vencer Ledecky será a primeira da história a ganhar do 200 ao 1500 livre no Mundial. Histórico. Federica+Pellegrini+Swimming+16th+FINA+World+NjR9Ru91VRLl

Federica comemorou muito e chorou após conquistar a prata com 1’55”32 no dia de seu aniversário. “Muitos disseram que eu deveria ter nadado o 400 e teria ganhado medalha, consideravam o 200 muito rápido para mim. Eu encontrei força no trabalho duro, fiz tempos que não fazia há anos, mas mais do que tudo, o mais importante é ter prazer em lutar por esse 200 livre”, disse a italiana a um canal italiano.

Missy Franklin superou uma atuação ruim no 100 costas e fez um bom 1’55”49 para conquistar o terceiro lugar. Com sua simpatia habitual, Missy abraçou muito Katie e saiu da prova rasgando elogios para a conterrânea, dizendo que ela é uma inspiração e faz coisas que ninguém nunca fez antes. Seu tempo em Barcelona, quando foi campeã, foi mais forte do que todas hoje: 1’54”81.

Katie+Ledecky+Swimming+16th+FINA+World+Championships+CpJhn1I12zRl

Katie+Ledecky+Swimming+16th+FINA+World+Championships+CYqjeOM7r0Fl

 

Veronika Popova (1’56”16) terminou em quarto, seguida de Katinka Hosszu (1’56”19).

Screen Shot 2015-08-05 at 1.37.15 PM

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »