TEMPO REAL: Kazan 2015 – Finais Dia 5

6 de agosto de 2015

Mundial Kazan 2015Nenhum comentário em TEMPO REAL: Kazan 2015 – Finais Dia 5

100 livre feminino (semifinal)

Recorde Mundial: Britta Steffen (GER) – 52”07 (2009)
Recorde de Campeonato: Britta Steffen (GER) – 52”07 (2009)

Semifinal 1: Cate Campbell, apesar de uma reação de saída muito ruim, passou bem na frente passando inclusive abaixo do recorde mundial, com direito a uma segurada nos últimos metros, com confortáveis 52”84. (Sim, há como nadar para 52” de forma confortável).

Semifinal 2: Muito igualada a primeira parcial entre as 8 semifinalistas, com leve vantagem para Bronte Campbell. Sarah Sjostrom sempre com um final de prova de destaque, bateu na frente com 52”78 com volta de 26”84, seguida pela australiana.

Para pegar final: 53”92 de Missy Franklin. Ranomi, Femke e Simone Manuel também passaram.

200 medley masculino

Recorde Mundial: Ryan Lochte (USA) – 1’54”00 (2011)
Recorde de Campeonato: Ryan Lochte (USA) – 1’54”00 (2011)

Prova incrível!!! Tetra-campeonato para Ryan Lochte, prata para Thiago Pereira, em uma disputa onde o brasileiro ameaçou o ouro americano até o fim. Muito legal ver Thiago com parciais superiores a de Lochte. Apenas o crawl de Lochte que não conseguiu segurar. Ouro com 1’55”81, prata de Thiago com  1’56”66 e o bronze ficou com o chinês Shun Wang com 1’56”81, quase ultrapassando o brasileiro no final. Henrique Rodrigues chegou a estar na terceira posição no peito, mas acabou na sétima colocação com 1’58”52.

200 peito feminino (semifinal)

Recorde Mundial: Rikke Pedersen (DEN) – 2’19”11 (2013)
Recorde de Campeonato: Rikke Pedersen (DEN) – 2’19”11 (2013)

Semifinal 1: Prova muito bem nadada da dinamarquesa que liderou de ponta a ponta com 2’21”99. A americana Micah Lawrence teve um excelente final de prova e na batida terminou em segundo com 2’22”04.

Semifinal 2: Kanako Watanabe com um nado muito grande e confortável, levou a primeira série com 2’22”15 e amanhã é favorita, mesmo passando com o terceiro tempo.

Teve empate na oitava colocação com 2’23”06. E a prova de que a final será muito forte é que foi necessário 2’22” para se garantir na final.

100 livre masculino

Recorde Mundial: Cesar Cielo (BRA) – 46”92 (2009)
Recorde de Campeonato: Cesar Cielo (BRA) – 46”92 (2009)

Marcelo Chierighini passou muito bem com 22”77 na terceira posição. Mas o final de Cameron McEvoy e do chinês Ning Zetao não deu. Ouro para o chinês (sim, um chinês levando a prova dos 100 livre) com 47”8. Cameron McEvoy ficou com a prata com 47”96. E o bronze é dos hermanos com Federico Gabrich com 48”12! Chierighini nadou muito bem para 48”27, terminando em quinto, atrás também do canadense Santo Condorelli.

200 borboleta feminino

Recorde Mundial: Liu Zige (CHN) – 2’01”81 (2009)
Recorde de Campeonato: Jessica Schipper (AUS) – 2’03”41 (2009)

Franziska Hentke, que possui ainda o melhor tempo do ano e chegou a passar na frente, mas não aguentou o ritmo imposto no começo e acabou na quinta colocação. Já a japonesa Natsumi Hoshi fez a estratégia perfeita, passando os 100 apenas em quarto e fazendo a melhor volta da prova, levando com 2’05”56. Camile Adams também teve um final excelente e terminou com a prata com 2’06”40. Completando o pódio, a chinesa Yufei Zhang com 2’06”51, novo recorde mundial junior.

200 peito masculino (semifinal)

Recorde Mundial: Akihiro Yamaguchi (JPN) – 2’07”01 (2013)
Recorde de Campeonato: Daniel Gyurta (HUN) – 2’07”23 (2013)

Semifinal 1: Andrew Willis teve uma boa divisão de provas e levou a primeira série com 2’08”72. O lituano Giedrius Titanis arriscou e passou muito forte, mas sentiu o final e acabou apenas na quinta colocação.

Semifinal 2: Yasuhiro Koseki passou MUITO forte os 100 metros, quase um corpo a frente do recorde mundial. Manteve a distância nos 150, mas começou a ser alcançado pela linha e pelos nadadores, mas ainda levando a série com 2’08”03, tempo muito bom. Marco Koch ficou com o segundo tempo e Gyurta, em busca do tetra campeonato, ficou com o terceiro tempo com 2’08”53. A segunda série foi bem mais forte.

2’09”64 para pegar final do russo Anton Chupkov, com novo recorde mundial junior.

50 costas feminino

Recorde Mundial: Jing Zhao (CHN) – 27”06 (2009)
Recorde de Campeonato: Jing Zhao (CHN) – 27”06 (2009)

Etiene teve a melhor saída da final, mas a chinesa Yuanhui Fu teve um nado mais eficiente e levou o ouro com 27”11 com melhor tempo da história sem trajes. A brasileira conquistou a primeira medalha brasileira feminina em piscina longa com novo recorde sul-americano!!! 27”27 foi seu tempo! Mais um tabu quebrado pela pernambucana!! A china também ficou com o bronze com Xiang Liu com 27”58.

200 costas masculino (semifinal)

Recorde Mundial: Aaron Peirsol (USA) – 1’51”92 (2009)
Recorde de Campeonato: Aaron Peirsol (USA) – 1’51”92 (2009)

Semifinal 1: Leonardo de Deus nadou manteve-se na quarta posição, mas acabou na sexta colocação com 1’57”96 . O russo Evgeny Rylov chegou na frente com 1’55”54 . O melhor tempo do ano e medalhista olímpico Ryosuke Irie chegou em segundo com 1’55”76. Todos confortáveis. Tyler Clary perdeu um pouco o ritmo no final e terminou em terceiro.

Semifinal 2: Mitchell Larkin fez uma prova excelente e muito bem nadada, levando com o melhor tempo do ano e recorde oceânico com 1’54”29! Muito bom o tempo também de Ryan Murphy para 1’55”10.

4×200 livre feminino

Recorde Mundial: China – 7’42”08 (2009)
Recorde de Campeonato: China – 7’42”08 (2009)

Sarah Sjostrom abriu muito forte para 1’54”31, só para provar que poderia ganhar a prova se quisesse nada-la. Ainda não consigo entender ela optar por sair da prova…

As americanas ficaram na cola da Suécia o tempo inteiro, tendo Michelle Coleman com a terceira parcial, mantendo um corpo de vantagem. Mas daí tiveram Ledecky para fechar o revezamento americano e daí já sabe. Ledecky é invencível, lembra? E a quarta integrante sueca não segurou nem a Italia, nem a China.

Estados Unidos ouro, Italia em segundo, com Pellegrini fechando e China em terceiro.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »