Chad Le Clos bate recorde mundial do 100 borboleta | Yes Swim
15356590_1279884738724054_952224662120794132_n

Chad Le Clos bate recorde mundial do 100 borboleta

9 de dezembro de 2016

Mundial Windsor 2016Nenhum comentário em Chad Le Clos bate recorde mundial do 100 borboleta

No terceiro dia de competição, Chad Le Clos protagonizou a prova mais forte do Mundial de piscina curta até o momento, batendo seu próprio recorde mundial do 100 borboleta. Com o mesmo parcial de dois anos atrás, quando fez 48”44 e estabeleceu seu recorde, mas uma volta muito melhor, Le Clos nadou para 48”08, beirando os 47”. Excelente prova – mesmo errando uma das viradas – do sulafricano, que explodiu na comemoração na piscina e chorou no pódio.

Tom Shields ficou em segundo lugar na prova, com 49”04, e David Morgan em terceiro com 49”31, novo recorde da Oceania da prova.

13thfinaworldswimmingchampionships25mc8a9bj2upoul

200 peito masculino

Havia expectativa de todos – e do próprio Marco Koch – de baixar ainda mais seu recorde mundial da prova, estabelecido há algumas semanas. O ouro veio com facilidade, virando todos os parciais em primeiro, mas o tempo ficou acima do recorde, com 2’01”21.

Koch estava muito feliz no pódio, e tornou-se o terceiro homem a ganhar as provas de 100 e 200 peito na mesma edição do Mundial de curta – antes dele, apenas Oleg Lisogor e Brendan Hansen. Uma bela forma de terminar o ano depois de chegar às Olimpíadas como campeão mundial e favorito ao ouro e terminar nadando acima de seu melhor tempo e ficando fora do pódio.

15327390_1279885188724009_3753408772543887560_n

Brasileiros na prova:
Thiago Simon – 2’04”96 – 9o lugar
Felipe França – 2’08”05- 18o lugar
Resultado completo – 200 peito masculino

100 livre feminino

Eram três campeãs olímpicas individuais na piscina: Ranomi Kromowidjojo, campeã do 50 e 100 livre em Londres-2012, Penny Oleksiak, campeã do 100 livre no Rio-2016, e Federica Pellegrini, campeã do 200 livre em Pequim-2008. Mas a vitória em Windsor ficou com Brittany Elmslie, atleta australiana de 22 anos.

Passando em quarto lugar, atrás de Ranomi, Penny e Sandrine Mainville, Brittany voltou muito forte e venceu com 51”81, sua melhor marca pessoal. Ranomi foi segunda, com 51”92, e a atleta da casa Penny foi bronze, com 52”01.

15327509_1279886598723868_3542879389980823173_n

Resultado completo – 100 livre feminino

200 costas feminino

Mais um ouro para a coleção de Katinka Hosszu, com 2”00”79 na prova em que é vice campeã olímpica. Com a medalha conquistada, a húngara se torna a maior medalhista da história do Mundial de piscina curta. Draina Zevina, que chegou a ganhar da nadadora em algumas etapas da Copa do Mundo, foi prata com 2’02”24 e Emily Seebohm bronze com 2’02”65. Hillary Caldwell, medalhista olímpica da prova no Rio e canadense, ficou fora do pódio, em quarto.

13thfinaworldswimmingchampionships25mebigkrhue1al

Resultado completo – 200 costas

800 livre

A americana Leah Smith chegou a ameaçar o recorde mundial de Mireia Belmonte até os primeiros 300 metros, mas logo a linha do recorde disparou. Já a liderança da prova nunca foi ameaçada, e Smith virou todas as viradas da prova na primeira posição.

Com 8’10”17, conquistou seu primeiro título mundial individual, no mesmo ano em que foi à sua primeira Olimpíada e conquistou o bronze no 400 livre. A prata ficou com a conterrânea Ashley Twichell, especialista em provas de águas abertas (foi ouro no 5km em Shangai-2011). O bronze ficou com Kiah Melverton, com 8’16”51.

13thfinaworldswimmingchampionships25mdyciat0hh-hl

Resultado completo – 800 livre

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »