maratonas aquáticas rio

Águas cariocas voltam a ser consideradas como risco

16 de setembro de 2015

Maratonas Aquáticas, Notícias, Rio 20162 comentários em Águas cariocas voltam a ser consideradas como risco

Há menos de um mês, o presidente da FINA Julio Maglione anunciou que a poluição dos mares do Rio não eram um grande problema para as provas aquáticas dos Jogos Olímpicos.

Mas parece que Maglione voltou atrás, após críticas severas contra os organizadores das Olimpíadas do Rio, alegando estarem oferecendo instalações abaixo do padrão e desrespeitando os esportes aquáticos.

O presidente exige um teste de nível de vírus no mar de Copacabana, onde as provas de Maratonas Aquáticas irão ocorrer. A organização do evento acatou o pedido, apesar de alegarem que as regras exigem apenas testes de bactérias.

Dentre as críticas à organização e ao prefeito do Rio, Eduardo Paes, está a diminuição da quantidade de assentos na piscina olímpica, que diminuirá para 12500 a 13000 assentos, contra 17500 das Olimpíadas de Londres.

Em carta enviada a Eduardo Paes nessa segunda-feira, Julio Maglione ainda cita Alexander Popov: “um passo para trás em relação às edições anteriores”.

“As recentes decisões do Sr. Eduardo Paes (…) estão prejudicando seriamente a imagem e o valor da FINA e suas modalidades. A situação é claramente um desrespeito às requisições da FINA no que diz respeito aos locais das provas aquáticas e irá afetar negativamente a segurança e o nível de desempenho de nossos atletas”, disse Maglione à Eduardo Paes.

A carta ainda fala sobre a segurança em risco dos atletas de Saltos Ornamentais, Polo Aquático e Nado Sincronizado com a decisão de não acrescentar um telhado na piscina do Parque Aquático Maria Lenk.

“As condições climáticas podem influenciar não só o desempenho dos atletas, mas o mais importante: sua saúde e segurança”, criticando o prefeito de ter recusado propostas de colocar uma cobertura temporária no local.

Posts relacionados

2 comentários em "Águas cariocas voltam a ser consideradas como risco"

  1. Breylla Campos disse:

    Eduardo Pães é prefeito do Rio. O governador é o Pezão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »