BCN2013 – Eliminatórias do Dia 8

4 de agosto de 2013

Mundial Barcelona 2013, Notícias, ResultadosNenhum comentário em BCN2013 – Eliminatórias do Dia 8

Último dia de eliminatórias… Tivemos brasileiros em todas, mas apenas uma classificação e que podemos ganhar medalha! Foram quatro provas, todas logicamente não tem semifinais. Mundial está acabando, mas pode deixar que o último dia não vai decepcionar.

400 medley masculinoThiago Pereira passou, por pouco não, mas passou para a final e é o que importa. O brasileiro ficou em um mistério se ia ou não ia, dizendo mais que não iria nadar, mas após a prova dos 200 medley, não tinha como não nadar uma prova em que foi medalhista olímpico né? Ainda mais sendo no último dia, pra tentar fechar com chave de ouro. Thiago abusou da sorte e classificou-se com o oitavo tempo, apenas alguns centésimos a frente do nono, com 4’15”81. Ele não terá Phelps, nem Lochte, mas isso não deixará a prova menos difícil hoje. Chase Kalisz, Daya Seto, Kosuke Hagino e Tyler Clary também estão classificados. Chase, que foi para Barcelona apenas para nadar essa prova, ou seja, está durante toda a competição apenas descansando, está com o melhor tempo para a final: 4’11”87.

Para entrar na final: 4’15”81

400 medley feminino – Não vai faltar emoção nessa prova. Temos a campeã olímpica Ye Shiwen recordista mundial, temos Katinka Hosszu que venceu os 200 medley sobre a chinesa, temos Mireia Belmonte que vai levar a torcida ao delírio e temso Elizabeth Beisel, que levou a prata em Londres. Temos mais gente na final, lógico, mas essas daí devem brigar pelo ouro. Katinka está com o melhor tempo: 4’32”72.

Para entrar na final: 4’37”77

4×100 medley masculino – O Brasil poupou Daniel e Thiago que têm finais hoje à noite. Caso se classificassem, daí os dois entrariam na final pela disputa de medalha. A troca de Daniel por Leonardo de Deus acabou sendo até melhor, Leo abriu com 54”96, melhor que a prova individual do “titular”. Nicholas Santos nadou a parcial de borboleta para 53”70 e talvez tenha sido a diferença para o Brasil não se classificar, já que Thiago fez 52” baixo na prova individual. Felipe Lima e Marcelo Chierighini fizeram seu trabalho. Felipe para 59”32 (segunda melhor parcial da eliminatória!) e Marcelo para 48”33, somando 3’36”31 e acabando na 12ª colocação. Os Estados Unidos pouparam os 4 integrantes e mesmo assim classificaram-se em primeiro. Australia poupou alguns e está em segundo empatado com a Russia que poupou tambéme  são os favoritos a medalha.

Para entrar na final: 3’34”91
Melhor parcial de costas: David Plummer (EUA) – 53”22
Melhor parcial de peito: Glenn Snyders (NZL) – 59”19
Melhor parcial de borbo: Nikolay Skvortsov (RUS) – 51”43
Melhor parcial de crawl: Nikita Lobintsev (RUS) – 47”70
 

4×100 medley feminino – O Brasil também terminou em 12º. Etiene e Daynara nadaram um pouco acima do que era esperado, mas de qualquer forma a classificação era muito difícil. Etiene Medeiros com 1’02”06, Beatriz Travalon com 1’10”29, Daynara de Paula com 59”70 e Larissa Martins, essa muito bem, para 54”86 (e troca de passagem -0.03, o limite máximo para não desclassificar) somaram 4’06”91. Estados Unidos, mesma história do masculino, poupou 3 nadadoras e mesmo assim faz o melhor tempo. A dúvida é se Missy nadará o costas ou o crawl (muito mais provável que o costas). Australia poupou e a briga pelo ouro será com esses três países. Sendo que as americanas tem vantagem no costas (se Missy abrir) e principalmente no peito. Mas o borboleta e crawl das australianas são muito mais fortes, então vai ser bem emocionante.

Para entrar na final: 4’01”30
Melhor parcial de costas: Emily Seebohm (AUS) – 58”79 (melhor que na prova individual)
Melhor parcial de peito: Breeja Larson (USA) – 1’05”68
Melhor parcial de borbo: Alicia Coutts (AUS) – 57”22
Melhor parcial de crawl: Britta Steffen (GER) – 53”48

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »