TML 13 – Resumo do terceiro dia

24 de abril de 2013

Mundial Barcelona 2013, Notícias, Resultados, Troféu Maria Lenk 2013Nenhum comentário em TML 13 – Resumo do terceiro dia

Agora sim um dia emocionante. O que não faltou hoje foram índices, tanto nas eliminatórias como na finais. Aliás, finalmente as coisas voltaram ao “normal”. Pessoal melhorando de tarde, em relação à etapa da manhã. Foram mais 2 índices, além dos 7 índices da manhã.

400 medley feminino – Joanna Maranhão, após o índice pela manhã, fez parciais muito parecidas, mas piorou um pouco em relação às eliminatórias, fazendo 4’44”96, mas garante sua vaga para Barcelona. Bom ver praticamente toda a final abaixo dos 5 minutos. Além da equatoriana Samantha Salinas, que ficou em segundo com 4’48”82, foram mais 5 brasileiras  quebrando a barreira. A segunda melhor dela foi Julia Gerotto, que está muito bem na competição, fazendo 4’50”80. E a terceira brasileira foi a jovem Gabriella Albuquerque com 4’56”89.

400 medley masculino – Praticamente não havia dúvidas do índice de Thiago Pereira. Ele confirmou as expectativas com um tímido 4’15”87, 4 segundos abaixo do índice, levando fácil lá na raia 1. Esteban Salgado, do Equador, foi o segundo colocado com 4’25”02. O segundo melhor brasileiro foi Henrique Rodrigues com 4’22”00. E bronze para Thiago Simon com 4’25”02.

50 livre feminino – Duas nadadoras abaixo do índice! E a natação feminina já vai mostrando uma evolução! Gracielle Hermann baixou ainda mais o índice feito pela manhã e venceu a prova com 25”10. Alessandra Marchioro, com uma ótima melhora, também conquistou o índice, fazendo 25”17. As duas garantidas para Barcelona. A holandesa Inge Dekker (que faz parte do revezamento 4×100 recordista mundial) não conteve o ataque brasileiro e terminou com o bronze com 25”23. Também subiu ao pódio, Etiene Medeiros com 25”71. Das 8 finalistas, 6 melhoraram em relação às eliminatórias e o pior tempo foi 25”84. Evolução.

50 livre masculino – Final muito emocionante e surpreendente. Cesar Cielo confirma a vaga baixando um centésimo da manhã: 21”57. Mas a atenção ficou voltada toda para Marcelo Chierighini que com uma incrível melhora, conquistou a segunda vaga, fazendo 21”88! Bruno Fratus ainda melhorou em relação a manhã, com 21”92, terminando em terceiro. Prova muito boa, com 5 atletas abaixo do índice!

800 livre feminino – Ana Marcela Cunha não deu chance pra ninguém. Com um ritmo alucinante desde o começo e com uma motivação a mais, venceu melhorando 6 segundos da sua melhor marca: 8’40”98! Praticamente dobrou a prova, passando para 4’19”. Poliana Okimoto chegou em segundo com 8’46”75, a argentina Virginia Bardach em terceiro com 8’48”12 e também subindo ao pódio, como terceira brasileira: Carolina Bilich com 8’50”20.

4×200 livre masculino – O objetivo, tanto do Minas, como do Corinthians era abrir o máximo de distância possível com os 3 primeiros nadadores, obviamente. Mas como o destino gosta de nos dar emoções, nada melhor que os terceiros integrantes das duas equipes entregarem juntos, para Nicolas Nilo e Fernando Ernesto fecharem em iguais condições. Mais emocionante só se João De Lucca caísse ali do lado. Até os 150 (ou melhor, 750) a briga ainda estava acirrada, mas os últimos 50 do Ernesto fizeram a diferença, entregando o ouro para o Corinthians com parcial de 1’48”44, somando 7’20”26. Nilo, também com uma boa parcial de 1’48”96, deu a prata ao Minas com 7’20”88. O Pinheiros completou o pódio com 7’29”69.

4×200 livre feminino – Difícil reconhecer metade das nadadoras que estavam hoje na final dessa prova. Muita gente nova (que em breve farei um post sobre isso, nesse revezamento). O Minas não teve dificuldades para ganhar. O objetivo era o recorde sulamericano, mas ficou a 4 segundos, apesar da ajuda de Femke Heemskerk. As meninas somaram 8’09”54, novo recorde de campeonato. E não é que o Sesi não só subiu ao pódio, como levou a prata? A equipe que havia nadado pela manhã acabou em segundo com 8’22”83. O Corinthians ficou com o bronze: 8’23”30.

Veja os resultados completos da competição com eliminatórias, finais A e B.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »