2016+Olympic+Team+Swimming+Trials+Day+8+eY8voYym5Upl

O time americano para o Rio-2016

4 de julho de 2016

Rio 2016Nenhum comentário em O time americano para o Rio-2016

Ao final dos Trials ontem, foi anunciada a seleção americana para as Olimpíadas do Rio, como de praxe. Uma grande festa e celebração para os 47 nadadores que passaram pela duríssima seletiva, e agora terão pouco mais de um mês para se preparar para os Jogos. A partir de 12 de julho, o time segue para training camp no Texas.

Dos 47 nomes, 30 são estreantes em Olimpíadas. Entre os veteranos, Michael Phelps é o grande destaque, tornando-se o primeiro nadador do país a se classificar para 5 Olimpíadas. Ele buscará mais recordes no Rio: além de já ser disparo o maior medalhista olímpico da história, é também o único tricampeão mundial no masculino, e pode chegar ao tetra no 200 medley e 100 borboleta.

Vale mencionar também Ryan Lochte, que chega a sua quarta Olimpíada, feito alcançado até hoje apenas por Phelps e Jason Lezak nos EUA.

Entre as mulheres, Katie Ledecky é o nome mais forte da seleção, classificada para três provas individuais (200, 400 e 800 livre) e o revezamento 4×200 livre. Ela chegará ao Rio com status bem diferente de Londres: na época, com 15 anos, nadou apenas o 800 livre e não era favorita. Hoje, além do ouro olímpico, tem 9 medalhas de ouro em dois Mundiais disputados e uma estatística assustadora: jamais perdeu uma prova em grandes competições internacionais.

Missy Franklin também chegará ao Rio diferente de Londres: lá, estava classificada para 4 provas individuais e três revezamentos; dessa vez, terá duas provas individuais (ambas classificando em segundo) e um revezamento, e não defenderá seu ouro no 100 costas.

Mas, é claro, o status com que se chega às Olimpíadas é uma coisa, e as Olimpíadas são outra, totalmente diferente. Se não fosse assim, bastava premiar os três primeiros do ranking mundial, e sabemos que os pódios olímpicos geralmente não seguem essa ordem.

Falando em ranking mundial, usando essa métrica, houve piora dos EUA frente ao time de 2012. Há 4 anos, os EUA chegaram às Olimpíadas com 12 nadadores no topo do ranking e mais 4 no top 3; dessa vez, são apenas 6 no topo do ranking e também 4 no top 3. Nos Trials em sim, apenas 4 das provas nadadas foram a melhor do ano até o momento.

Os head coaches da seleção serão Bob Bowman (masculino) e David Marsh (feminino). Os assistentes serão Jack Bauerle, Mike Bottom, Dave Durden, Bruce Gemmel, Ray Looze e Greg Meehan.

Clique aqui para ver a seleção completa

 

2016+Olympic+Team+Swimming+Trials+Day+8+kZ7jDC6NFzAl

2016+Olympic+Team+Swimming+Trials+Day+8+rty4dpOZHWkl

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »