Calendário de seletivas olímpicas

5 de fevereiro de 2020

Tóquio 2020Nenhum comentário em Calendário de seletivas olímpicas

O ano mais esperado do ciclo olímpico chegou: faltam menos de 6 meses para os Jogos Olímpicos de Tóquio. Mas para chegar lá, os nadadores do mundo precisarão passar pelas seletivas nacionais, a peneira fortíssima que divide quem realizará o sonho de estar nas Olimpíadas e quem ficará fora.

No Brasil, teremos pela primeira vez uma seletiva única: o Troféu Maria Lenk, que acontece entre 20 e 25 de abril no Rio de Janeiro. Serão considerados apenas os tempos feitos na final A, com a convocação do primeiro e segundo colocado, contanto que tenham nadado abaixo do índice A. Clique aqui para ler o boletim completo. Como comparação, nos Jogos Olímpicos do Rio, foram consideradas duas competições como seletiva, e tempos feitos nas eliminatórias e finais.

Com esse critério, o Brasil se alinha ao que fazem as grandes potências da natação, como Estados Unidos e Austrália, que também contam com uma seletiva única e apenas consideram tempos das finais, simulando assim o nível de pressão que os atletas encontrarão nas Olimpíadas.

Os EUA, mantendo a tradição, terão sua seletiva há um mês do início dos Jogos, entre 21 e 28 de junho. A Austrália, que nos últimos Jogos fazia sua seletiva entre março e abril, mudou dessa vez, e fará como os EUA, com a seletiva mais próxima dos Jogos, entre 14 e 19 de junho.

Confira abaixo o calendário das seletivas de outros países:

Itália – 17/03 – 21/03
Hungria – 24/03 – 28/03
Canada – 30/03 – 05/04
China – 28/03  – 05/04
Japão – 01/04 – 08/04
Holanda – 03/04 – 05/04 e 09/04 a 12/04
França – 14/04 –  19/04
Grã Bretanha – 14/04 – 19/04
Alemanha  – 30/04 – 03/05

Abaixo, os índices A da FINA para participação:

 

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »