Screen Shot 2015-06-30 at 1.26.12 PM

Coach Amém: 100%

22 de julho de 2015

Toronto 2015Nenhum comentário em Coach Amém: 100%

Poucos são os esportes onde o trabalho do treinador é valorizado sobre o resultado expressivo do atleta. Talvez no futebol, em que alguns treinadores são tão celebridades quanto o jogador. Talvez no vôlei, se o treinador é o Bernardinho.

Mas convenhamos, no esporte individual, a não ser que o próprio atleta enfatize muito a participação de seu treinador, esse cai rapidamente no esquecimento. Ou pior, sequer tomamos conhecimento.

Alguém sabe me dizer quem foi o treinador de Daiane dos Santos em seus anos dourados? E o nome do treinador de Maurren Maggi? Vamos para algo mais atual, qual o nome do treinador de Fabiana Murer? Arthur Zanetti? Sarah Menezes? Yane Marques?

Não se sinta mal se não souber. A culpa não é sua. É uma das ingratidões do esporte. Mas aposto que o mentor de cada um desses atletas não os treinaram pensando em reconhecimento. Não do povo, ao menos. Desde que seus próprios atletas os reconheçam.

Tudo isso para destacar uma partipação importantíssima no Pan-Americano. Aliás, vou destacar três participações muito importantes, de três treinadores: Carlos Matheus, Fernando Vanzella e André Ferreira.

Após 2009, melhorar tempo tornou-se algo incomum. Principalmente nos anos de 2010, 2011 e 2012, onde nos víamos presos ao quase-vício dos trajes tecnológicos. A partir de 2013, recorde mundial já não era um fusca azul. Mas tampouco um celta prata, como em 2008/2009.

Agora em 2015, ou melhorar tempos está se tornando algo banal, ou então estamos em uma excelente safra. Prefiro acreditar na segunda hipótese, dando mérito ao trabalho desses três treinadores. Carlão, foi responsável direto pela melhora de Leonardo de Deus, Brandonn Pierry e Thiago Simon. 100%. Os três nadaram muito em Toronto e ainda podem ter uma evolução significativa nas próximas semanas. Vanzella é o treinador de Daynara de Paula, Jessica Cavalheiro, Bruna Primati e Etiene Medeiros. Todas em sua melhor forma no Pan e que também podem melhorar ainda mais. 100%

Mas uma atenção especial ao treinador Amendoim, dos cinco nadadores que estavam no Panamericano sob seu comando, cinco fizeram melhores marcas pessoais:

Joanna Maranhão: 4 provas individuais, 3 melhores marcas pessoais + 1 melhor marca sem traje
Guilherme Guido: 1 prova individual, 1 melhor marca pessoal
Henrique Rodrigues: 1 prova individual, 1 melhor marca pessoal
Manuella Lyrio: 3 provas individuais, 3 melhores marcas pessoais
Larissa Martins: 2 provas individuais, 1 melhor marca pessoal

Parabéns Carlão, Vanza, Amém. Parabéns também ao Sérgio Marques pelo desempenho de Felipe França, parabéns ao Brett Hawke, pelos resultados dos brasileiros que encontram-se em Auburn, parabéns a Alberto Albieri por João de Lucca. Parabéns ao treinador de Jhennifer Conceição e Luiz Altamir, de Gracielle Hermann e de todos que fizeram suas melhores marcas. Parabéns também aos treinadores dos que não melhoraram seus tempos. Pois se não foi agora, será em algum momento próximo. E parabéns à comissão técnica da CBDA, em especial ao head coach Albertinho, que além de estar fazendo um trabalho excepcional, foi aniversariante essa semana :)

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »