Screen Shot 2015-07-17 at 12.58.29 PM

Chegou o dia de Etiene

17 de julho de 2015

Toronto 2015Nenhum comentário em Chegou o dia de Etiene

100 costas feminino 
Olivia Smoliga bateu o recorde panamericano já nas eliminatórias, com 1’00”35. Etiene Medeiros chegou perto de seu melhor e passou com o 3o tempo para a final. Natalia de Luccas piorou um pouco sua melhor marca mas voltou a nadar para 1’01, ficando em 9o com 1’01”89.
Tempo para final A: 1’01”32

etiene medeiros panamericano toronto

Satiro Sodré / SSPress

100 costas masculino 
Guilherme Guido fez o melhor tempo da eliminatória e é um dos favoritos ao título, depois de nadar para 54”04. Os sempre fortes norte-americanos Nick Thoman (54”35) e Eugene Godsoe (54”38) são os principais concorrentes. Thiago Pereira saiu da prova, assim como do 100 borboleta.
Tempo para final A: 55”26

guilherme guido panamericano toronto

Foto: Satiro Sodré / SSPress

400 livre feminino  
Kiera Janzen fez 4’11”82 e vai ser difícil tirar o título da norte-americana. Talvez a principal concorrente seja a venezuelana Andreina Pinto, que nadou para 4’12”43. Boas expectativas também para Manuella Lyrio (4’15”38), que está fazendo uma ótima competição, tendo melhorado dois tempos em duas provas. Carolina Bilich classificou em 7o com 4’16”92.
Tempo para final A: 4’18”21

400 livre masculino 
Ryan Cochrane, maior estrela do time canadense (2 medalhas olímpicas e 7 de mundial de longa), nadou sua primeira prova apenas no penúltimo dia. Com 3’50”58, ele nadará na raia 4. Ao seu lado, Leo de Deus busca sua terceira medalha na competição (3’51”40). Lucas Kanieski ficou a apenas 40 centésimos da final A, nadando para 3’53”80.
Tempo para final A: 3’53”40

 

100 peito feminino
Prova mais forte do dia e mais uma boa prova dos EUA, que melhorou ao longo da competição. Katie Meili não só bateu o recorde panamericano como fez o segundo melhor tempo do mundo em 2015 com 1’05”64. A marca a credencia inclusive para conseguir a vaga olímpica no concorrido time americano ano que vem, mesmo não estando no time A do país – situação um pouco parecida com a Kelsi Worrell no 100 borboleta. Ela é a favorita para a final mas não há como descartar a campeã mundial de curta da prova, Alia Atkinson, que estará com o terceiro tempo para a final.

E uma ótima notícia no time brasileiro: tanto Jhennifer Conceição como Beatriz Travalon nadaram na casa de 1’08 (1’08”75 e 1’08”99), tornando-se as primeiras nadadoras do país a quebrar 1’09 sem trajes. As duas estarão na final, com o 5o e 7o tempo. Julia Sebastian, argentina que costuma nadar competições pela Unisanta e vencer as duas, terminou em 9o.
Tempo para final A: 1’09”97

Jhennyfer Conceição panamericano Toronto

Foto: Satiro Sodré/SSPress

Beatriz Travalon Panamericano Toronto

Foto: Satiro Sodré / SSPress

100 peito masculino 
Felipe França quebrou o recorde panamericano e nadou novamente abaixo de 1’00, com 59”84. Felipe Lima tem o terceiro tempo com 1’00”57 e há boas chances de dobradinha com os dois Felipes.
Tempo para final A: 1’02”01

 

50 livre feminino 
Tempaço de Arianna Vanderpool-Wallace com 24”31, quarto melhor tempo de 2015. O segundo tempo é da brasileira Etiene Medeiros com 24”75 – etapa puxada e promissora para a nadadora, que nada ainda o 100 costas. Graciele Herrmann classificou com o 4o tempo com 24”95. Natalie Coughlin também estará na final A com o sexto tempo.
Tempo para final A: 25”37

50 livre masculino 
O Brasil não perde a prova em Jogos Panamericanos há cinco edições. Embora os dois primeiros para a final sejam americanos (Josh Schneider e Cullen Jones, 21”97 e 22”12), Bruno Fratus tem tudo para estender o domínio. Ele classificou com o 5o tempo, 22”33.
Tempo para final A: 22’48 (empate)

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »