Screen Shot 2015-07-25 at 4.16.37 PM

Previsão Yes Swim para Kazan: FUNDO FEMININO

25 de julho de 2015

Blog, Previsão Yes SwimNenhum comentário em Previsão Yes Swim para Kazan: FUNDO FEMININO

800 e 1500 livre feminino 

Brasileiras na prova: Nenhuma

Melhor tempo em 2015: Katie Ledecky – 8’11”21 e Katie Ledecky – 15’42”23

Ausência sentida:

Atenção: O primeiro sub 8’10 de uma mulher na história

O que esperar nas finais: Sabemos que não existem certezas absolutas no esporte, mas se tivéssemos que apostar em alguma prova “ganha” nesse Mundial, seriam as provas de fundo feminino.

A hegemonia de Katie Ledecky nessas distâncias é indiscutível e não há nenhuma nadadora que chegue sequer perto dela nos dias atuais. Temos grande expectativa de recordes mundiais nas duas provas de fundo – aliás, foi no último Mundial, em Barcelona, que Katie bateu seus primeiros recordes, justamente nas provas de 800 e 1500.

Na prova de 800, há boas chances de vermos pela primeira vez uma nadadora nadando abaixo de 8’10. Abaixo, listamos em que ano as respectivas barreiras foram superadas. Chegou a hora de, depois de quase 30 anos, uma nova barreira ser quebrada. Ninguém melhor do que Katie Ledecky para superar os 8’10 e escrever novamente seu nome na história.

9’00 – 1971
8’50 – 1974
8’40 – 1976
8’30 – 1978
8’20 – 1987
8’10 – ?

Na “briga pela prata”, temos 4 nadadoras que se destacam: duas mais experientes e com várias medalhas de mundiais já conquistadas, Lotte Friis e Lauren Boyle, e duas mais jovens e que vem melhorando nos últimos tempos, Jessica Ashwood e Jazmin Carlin. Não estamos considerando que Mireia Belmonte, vice campeã olímpica dos 800 livre, nadará a prova, em função de sua lesão no ombro (acreditamos que, se nadar em Kazan, ela disputará apenas os 200 borboleta).

Jaz Carlin fez a melhor marca desse grupo nos últimos 2 anos: 8’15”no Campeonato Europeu. Lotte Friis vem depois: fez 8’16 em 2013. Jessica Ashwood vem em uma crescente impressionante e tem o segundo tempo deste ano tanto no 800 como no 1500 livre. Boyle quebrou o recorde mundial em piscina curta na prova de 1500 ano passado e tem sido muito consistente.

No último Mundial, em Barcelona, o pódio se repetiu nas duas provas de fundo: Ledecky/Friis/Boyle. Ledekcy não deve ter dificuldade para chegar ao bicampeonato mas esperamos uma briga muito boa pela prata e bronze, o que deve deixar as duas provas imperdíveis.

Vale mencionar ainda Boglarka Kapas, Rebecca Mann, Brittany Maclean e Sharon van Rouwendaal.

Previsão Swim Brasil 

800 livre 

800 livre feminino

 

 

1500 livre

1500 livre feminino

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »