Cameron McEvoy nada para 47”04 no 100 livre

11 de abril de 2016

Resultados1 comentário em Cameron McEvoy nada para 47”04 no 100 livre

Cameron McEvoy acaba de nadar para 47”04 no 100 livre na seletiva australiana. A marca é a melhor do mundo este ano e a mais forte da história sem trajes, batendo o 47”10 de James Magnussen feito há 4 anos, na seletiva austrailana para Londres.

Falando nisso, Magnussen, campeão mundial em 2011 e 2013 e atual vice campeão olímpico, ficou fora da prova individual para o Rio. Ele ficou em quarto com 48”68, e deve estar nas Olimpíadas para o 4×100 livre.

A segunda vaga individual ficou com Kyle Chalmers, de 17 anos, com 48”03. Campeão mundial júnior ano passado no 50 e 100 livre, Chalmers se classifica assim para sua primeira Olimpíada.

O terceiro lugar fico com James Roberts, com 48”32.

Screen Shot 2016-04-11 at 9.28.56 AM

Cfwwo-9VIAAV6pN

 

MAIS DE SELETIVA AUSTRALIANA

E quando mais da metade das provas do dia entram como melhor tempo do ano no ranking mundial?

 

Os fortes resultados não se limitaram ao Cameron McEvoy. Na mesma prova, no feminino, as irmãs Campbell já deram um gostinho do que pode ser a final amanhã. Cate classificou-se em primeiro já com o melhor tempo do ano: 52”41 (menos de 1 décimo do recorde australiano e da Comunidade Britânica) e sua irmã em segundo com 52”78. Elas não são as únicas abaixo dos 53 segundos, Emma McKeon já vai confirmando a força do revezamento 4×100 livre recordista mundial, com seus 52”98. Imagina o que vem amanhã.

Outro que fez o melhor tempo do mundo em 2016 foi Mitchell Larkin nos 200 costas, ainda nas semifinais. Seu tempo de 1’54”68 superou o do chinês Jiayu Xu por 11 centésimos.

E Madeline Groves, nos 200 borboleta, também está no topo do ranking com 2’05”47, tempo que é quase 1 segundo melhor que a segunda colocada.

Confira toda a cobertura da competição, que já teve 5 dias completos, de um total de 7.

Confira aqui o video da prova.

Posts relacionados

Um comentário em "Cameron McEvoy nada para 47”04 no 100 livre"

  1. […] uma prova incrível no Rio, mesmo sem Manaudou, mesmo sem Magnussen que perdeu a vaga hoje. E esperamos ter Cameron McEvoy em suas melhores condições, assim como todos os outros nadadores, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »