Campeonato Europeu – Dia 4

21 de agosto de 2014

Europeu 2014, ResultadosNenhum comentário em Campeonato Europeu – Dia 4

Interessante quando duas fortes competições acontecem simultaneamente e podemos fazer um comparativo. Hoje, por exemplo, teve final dos 800 livre feminino tanto no Pan Pac, como no Europeu. Naturalmente a recordista mundial foi melhor, ainda mais nessa fase. Mas a britânica Jazmin Carlin venceu muito bem com 8’15”54, que a faz a terceira melhor nadadora da história da prova. Mireia Belmonte foi prata com 8’21”22.

Captura de Tela 2014-08-21 às 18.44.19

Vencendo fácil, com o melhor tempo do ano, Katinka Hosszu ficou a apenas meio segundo do recorde europeu nos 200 medley. Seu tempo foi 2’08”11. Para se ter uma noção da vantagem, a segunda colocada Aimee Willmott ficou com a prata com 2’11”44.

Outra forte prova do dia foi os 200 peito masculino. Marco Koch, em casa, levo a torcida ao delírio ao vencer com 2’07”42, segundo melhor tempo do ano, e a 20 centésimos do recorde europeu e menos de meio segundo do recorde mundial. E o que torna a prova ainda mais forte foi a segunda colocação fazer 2’07”77, de Ross Murdoch, que possui a melhor marca do ano feita no Commonwealth Games.

E mais um ouro para Katinka. Agora nos 100 costas e empatada com Mie Nielsen com 59”63. Agora sim estamos falando de “Iron Lady”. Essa foi outra prova que teve também em Gold Coast, e mais uma vez por lá foi melhor. Mas o tempo das campeãs, aqui, seriam prata lá. O bronze também foi abaixo do minuto, com Georgia Davies para 59”74.

Outro ouro para a Dinamarca com Viktor Broomer levando os 200 borboleta para 1’55”29. Ele liderou desde as eliminatórias a prova e confirmou o repentino favoritismo. O húngaro Bence Bizco foi prata, logo atrás, com 1’55”62.

Vlad Morozov desbancou os especialistas do nado costas na prova de 50, com 24”64 (e nem é seu melhor tempo do ano). Jeremy Stravius, esse sim nadador de costas, ficou com a prata com 24”84.

Ok, uma pausa para a parcial de Sarah Sjostrom no 4×200 livre de hoje: 1’53”64. Continuando… a Italia levou o rev com Federica Pellegrini fechando para 1’56”50, somando 7’50”53. A Suécia de Sarah ficou com a prata e nem com seu tempo absurdo conseguiu segurar a italiana (mesmo porque última integrante sueca fechou para 2’01”51). Agora, para nós que esperávamos uma disputa emocionante entre ambas na prova individual… Só se for de Sarah tentando se aproximar de um dos recordes mundiais mais fortes da natação. Que por sinal, adivinha de quem é?

SEMIFINAIS

100 livre masculino – Todos os finalistas abaixo de 49 segundos. O melhor deles foi Florent Manaudou com 48”61. Fabien Gilot e Sergey Fesikov estão também classificados.
Tempo para a final: 48”95

100 borboleta feminino – Em uma fase espetacular, Sarah Sjostrom classificou-se para a final na prova que a revelou para o mundo. Com 57”39, tem colada com ela a dinamarquesa Jeanette Ottesen com 57”45.
Tempo para a final: 58”59

200 peito feminino – Estamos falando da recordista mundial aqui. Rikke Pedersen é definitivamente a favorita, classificando-se com o melhor tempo para 2’22”32, já batendo o recorde de campeonato, mas ainda distante de seu recorde.
Tempo para a final: 2’26”34

Veja aqui os resultados completos.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »