kosuke hagino mare nostrum canet 2016

Duas medalhas brasileiras no primeiro dia em Canet

8 de junho de 2016

ResultadosNenhum comentário em Duas medalhas brasileiras no primeiro dia em Canet

Começou hoje a segunda perna do Circuito Mare Nostrum 2016, em Canet. Essa, com presença de vários brasileiros integrantes da seleção olímpica, além de diversas estrelas mundiais que estarão disputando medalha daqui dois meses no Rio.

A principal dessas estrelas, não por mérito de resultado necessariamente, mas a que tem sido foco dos holofotes, é Katinka Hosszu que nadou 4 provas e venceu 3, ainda no primeiro dia. Os ouros saíram nos 50 costas com 28”07, nos 200 costas com o tempaço de 2’06”88 e nos 200 medley com fortes 2’08”93. Terminou ainda em segundo nos 200 livre com 1’56”85, apenas um centésimo atrás da francesa Charlotte Bonnet, repetindo as posições da etapa de Monte Carlo.

Bom mencionar também o desempenho do ucraniano Andriy Govorov, que venceu os 50 livre com 21”73. E do japonês Kosuke Hagino, que venceu os 200 costas com 1’58”29 e os 400 medley com incríveis 4’09”52.

Dos brasileiros, saímos com medalha nos 50 costas, com Guilherme Guido em terceiro para 25”45; e com Felipe França nos 100 peito, já quase baixando o minuto, com 1’00”11, a frente do atual campeão olímpico Cameron Van Der Burgh, segundo com 1’00”26.

Medalhas do Brasillll!!!! @felipefranca12 @timebrasil #roadtorio #rio2016 #podio #mascote #swim #natação #timebrasil

Uma foto publicada por Guilherme Guido (@gui_guido) em

Disputaram também a final A: Matheus Santana, que terminou em 7º os 50 livre com 22”79. Joanna Maranhão que terminou em quarto nos 800 livre com o bom tempo de 8’36”18 e logo em seguida nadou os 200 medley para 2’14”13 (atrás da recordista mundial e outras duas medalhistas olímpicas da prova) também terminando em quarto. Manuella Lyrio, que também nadou os 800 livre, terminando em 8º com 8’47”53, nadando em seguida os 200 livre, terminando também em oitavo com 1’59”93, em prova que ainda teve Larissa Martins em sétimo com 1’59”39. Jhennyfer Conceição terminou os 100 peito em sétimo com 1’09”81. Daynara de Paula em oitavo nos 100 borboleta com 59”98 (havia feito 59”27 nas eliminatórias); Henrique Martins em quarto nos 100 borboleta com 52”78, em prova vencida por Chad Le Clos com bons 51”56. Luiz Altamir de Melo terminou em quarto nos 400 livre com 3’52”90, após ter nadado para 3’50”68 nas eliminatórias. Altamir ainda nadou os 200 livre (sim, 200 e 400 livre na mesma etapa) e terminou em terceiro na final B com 1’49”50, em prova vencida pelo atual campeão olímpico Yannick Agnel com 1’47”28.

Além disso, ainda tivemos Gracielle Hermann terminando em sexto na final B dos 50 livre com 25”83 (havia nadado para 25”67 nas eliminatórias). Ítalo Manzine, que venceu os 50 livre na final B com 22”24, tempo que lhe daria a prata. João Luiz Gomes Jr nos 100 peito, terminando em sexto na final B com 1’02”17. Gabrielle Roncatto terminou em oitavo na final B com 2’24”52. Jessica Bruin terminando em 12º nos 800 livre com 9’07”83.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »