Etiene Medeiros conquista seu terceiro ouro

9 de outubro de 2015

ResultadosNenhum comentário em Etiene Medeiros conquista seu terceiro ouro

Um dia bom para o Brasil, com 3 ouros, 1 prata e 2 bronzes. Permanecemos em segundo no quadro de medalhas da natação com 7 ouros, 6 pratas e 6 bronzes nos 3 dias de competição até o momento. Quem lidera é a China com 9 ouros, 5 pratas e 6 bronzes, prova do quão equilibrada está a disputa. O nível técnico foi bem similar ao dos dias anteriores, com alguns excelentes resultados para o meio de temporada:

Se as brasileiras demoraram anos para baixar os 2 minutos nos 200 livre, Manuella Lyrio transformou o tabu em algo rotineiro. Hoje, mesmo em fase bem pesada e com treinamento intenso na Coreia, terminou com o bronze com 1’59”68, atrás de Charlotte Bonnet que venceu com novo recorde de campeonato: 1’57”65 e a chinesa Yuhan Zhang prata com 1’57”89. Larissa Martins também fez um bom tempo para a fase de treino e terminou em quarto com 2’00”77.

O primeiro ouro brasileiro do dia veio na versão masculina com Nicolas Nilo levando para 1’49”03, com quase um segundo de vantagem sobre o sul-coreano vice-campeão San Jin Jang, com 1’49”92.

Nos 200 medley feminino, uma prova sem brasileiras, o ouro ficou com uma vietnamita Vie Thi Ahn com 2’13”87 e novo recorde de campeonato, poucos centésimos a frente da russa Viktoria Andreeva com 2’13”96.

vietnamita

Já na prova masculina, dois brasileiros no pódio. Henrique Rodrigues, campeão panamericano, ficou com a prata com 2’01”41 e Thiago Simon terminou com o bronze com 2’02”41 em prova vencida pelo chinês Mengchang Chen com 2’00”91.

Nos 100 peito feminino, mais uma prova com recorde de campeonato batido, com a chinesa Ran Suo levando o ouro para 1’08”53. Ana Carla Carvalho esteve na final e terminou em oitavo com 1’13”41.

Na prova masculina, não tivemos finalistas brasileiros. O vencedor foi o dono da casa Kyu Woong Choi com 1’00”80.

Etiene Medeiros, um dos destaques da competição, conquistou hoje seu terceiro ouro na Coreia, agora na sua especialidade, os 50 costas com 28”38, única abaixo dos 29 segundos. Natalia De Luccas terminou em 5º com 29”80.

etiene medeiros mungyeon

Na prova masculino, Fabio Santi terminou em quinto com 26”09 e Guilherme Guido em sétimo com 26”31, em prova vencida pelo polonês Tomasz Polewka com 25”28.

Na última prova do dia, o Brasil levou o revezamento 4×100 livre misto, com Nicolas Nilo, Henrique Martins, Larissa Martins e Gracielle Hermann, que bateram o novo recorde de campeonato com 3’29”79.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »