Finkel – Finais Dia 5 (Tempo Real)

5 de setembro de 2014

Resultados, Troféu José Finkel 2014Nenhum comentário em Finkel – Finais Dia 5 (Tempo Real)

Dos cinco dias, hoje foi o mais ameno nas eliminatórias. Sem recordes e com “apenas” um índice. Mas com certeza haverá mais classificados nessa tarde de finais. Thiago Simon, que já está classificado, deve vir forte nos 200 medley, assim como Henrique Rodrigues e seu retorno após a cirurgia.

Quem fez o índice foi Nicholas Santos nos 50 borboleta, mas na final ainda teremos Cesar Cielo e Henrique Martins, que estão bem próximos. Nas provas de hoje, as mulheres terão mais dificuldades de alcançar Doha, mas podemos quem sabe nos surpreender.

Fique ligado AQUI, já já as finais em TEMPO REAL!!

IMG-20140905-WA0012

COBERTURA EM TEMPO REAL

200 MEDLEY FEMININO
Recorde Brasileiro e Sulamericano – 2’09”03 (Joanna Maranhão – 2009)

Recorde de Campeonato – 2’10”31 (Femke Heemskerk – 2014)
Índice para Doha – 2’10”42
Com Femke Heemskerk liderando a prova inteira, não teve pra ninguém e venceu com o quinto melhor tempo do mundo com 2’07”91, novo recorde de campeonato e pontos de recorde sulamericano para o Minas. E foi recorde holandês também! Gabrielle Roncatto dominou as duas provas de medley e com uma segunda metade muito forte, por se destacar no peito e crawl, venceu lá na oito com 2’12”52. A bronze ficou para Florencia Perotti com 2’13”35. A prata brasileira ficou com Julia Volkman com 2’14”01 e o bronze com Natalia De Luccas com 2’14”33;

200 MEDLEY MASCULINO
Recorde Brasileiro e Sulamericano – 1’52”30 (Thiago Pereira – 2012)
Recorde de Campeonato – 1’52”30 (Thiago Pereira – 2012)
Índice para Doha – 1’56”31
Como era de se esperar, Thiago Simon venceu a prova com índice para Doha. É seu quarto índice para o Mundial, agora com 1’54”53. Boa volta para Henrique Rodrigues da cirurgia, também com a classificação para Doha, com 1’56”11! O bronze ficou para Fernando Silva com 1’56”57, em uma emocionante chegada, que ainda teve Gabriel Ogawa que ficou de fora do pódio na batida de mão.

50 BORBOLETA FEMININO
Recorde Brasileiro e Sulamericano – 25”72 (Gabriella Silva – 2010)
Recorde de Campeonato – 25”65 (Inge Dekker – 2012)
Índice para Doha – 25”88
Sem índices, a briga ficou por conta de Daynara de Paula e Daiene Marçal pela briga pelo índice técnico, pela vaga nos 100 borbo. Apesar de virarem juntas, Daynara conseguiu manter a velocidade até o fim, vencendo com 26”07. Daiane ficou com a prata com 26”38 e o bronze ficou com Daniele Paoli com 26”66.

50 BORBOLETA MASCULINO
Recorde Brasileiro e Sulamericano – 22”13 (Nicholas Santos – 2013)
Recorde de Campeonato – 22”22 (Nicholas Santos – 2013)
Índice para Doha – 22”85
Nicholas Santos
poderia ter chegado melhor, para quem sabe bater o recorde de campeonato. Sua saída e transições foram perfeitas. Mesmo assim venceu com 22”43, segundo melhor tempo do ano. Cesar Cielo quase o ultrapassou com uma chegada mais encaixada, e também fez o índice com 22”46. Glauber Silva ficou com o bronze com 22”88, a apenas 3 centésimos do índice.

400 LIVRE FEMININO
Recorde Sulamericano – 4’04”34 (Kristel Kobrich – 2009)
Recorde Brasileiro – 4’06”57 (Manuella Lyrio -2012)
Recorde de Campeonato – 4’07”81 (Femke Heemskerk – 2012)
Índice para Doha – 4’05”78
Prova muito surpreendente. Manuella Lyrio e Carolina Bilich brigaram lado a lado até os 300 metros, mas Jessica Cavalheiro e Bruna Primati, ambas do Sesi, fizeram um final de prova incrível. Jessica venceu com 4’07”98 e Bruna terminou em segundo com 4’08”41. O bronze ficou com Manuella com 4’09”68. Carolina acabou cansando em quarto bem atrás com 4’11”.

400 LIVRE MASCULINO
Recorde Sulamericano e Brasileiro – 3’43”31 (Armando Negreiros – 2005)
Recorde de Campeonato – 3’44”73 (Armando Negreiros – 2005)
Índice para Doha – 3’42”43
Novo recorde de campeonato com 3’44”43 para Miguel Valente. Nitidamente ele queria o índice, mas ficou a exatos 2 segundos. O pódio inteiro só deu Minas com Marcos Ferrari em segundo com 3’46”61 e Lucas Kanieski em terceiro com 3’47”58

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »