Novo recorde Europeu pra Paltrinieri em uma prova incrível

19 de maio de 2016

ResultadosNenhum comentário em Novo recorde Europeu pra Paltrinieri em uma prova incrível

Depois das finais de ontem, não dá pra falar de mais nada além do resultado de Gregorio Paltrinieri nos 1500 livre. O italiano, que é o atual campeão mundial da prova, levou o ouro com 14 segundos de vantagens, com o segundo melhor tempo da história da prova, baixando em mais de 5 segundos seu antigo recorde europeu: 14’34”04. Estamos muito ansiosas para ver a disputa entre ele e o Sun Yang, que não pudemos ver em Kazan.

James Guy tem o melhor tempo do mundo esse ano nos 200 livre, é o atual campeão mundial, mas terminou “apenas” com o bronze da prova no Europeu. Barbudo, Guy fez 1’46”42, a menos de meio segundo do campeão Sebastiaan Verschuren que vibrou muito com sua vitória e seus 1’46”02.

sebastian verschuren campeonato europeu londres 2016

Nos 100 peito, Ruta Meilutyte venceu com um tempo um centésimo pior que feito na semifinal: 1’06”17. Ruta já nadou abaixo de 1’06” esse ano e permanece com o terceiro tempo no ranking mundial. Atrás de Yulia Efimova, que é dúvida nas Olimpíadas por ter sido pega no exame anti-doping com a substância meldonium, e Lilly King que nadou pra sua melhor marca pessoal no GP de Charlotte, fim de semana passado.

Já nos 100 livre, como esperado, Sarah, Ranomi e Femke melhoraram bem seus tempos da semi. Sarah Sjostrom foi a única a nadar na casa dos 52 segundos, vencendo com 52”82. A sueca já nadou um pouco abaixo disso em 2016 e se mantém em terceira no ranking, atrás das irmãs Campbell. A prata ficou com Ranomi Kromowidjojo com 53”24, que também não é sua melhor marca de 2016 e o bronze com Femke Heemskerk com 53”72.

sarah sjostrom europeu londres 2016

Nas finais de hoje, teremos uma bela disputa entre Marco Koch e Ross Murdoch nos 200 peito, um duelo que nã poderá ser visto no Rio, já que o britânico não se classificou. Marco Koch passou para a final com o segundo tempo de 2’09”82, mas é o grande favorito. Murdoch fez nas semis 2’09”72. Os únicos abaixo dos 2’10”.

Bom resultado também de Laszlo Cseh, ainda na semifinal dos 200 borbo, passando com o primeiro tempo de 154”29, que já é o terceiro melhor tempo do mundo esse ano. A tendência é que o húngaro nade hoje para 1’53” e tome a primeira posição do ranking.

Mie Nielsen passou para a final dos 100 costas com novo recorde de campeonato: 59”16. Ela e a britânica Kathleen Dawson foram as únicas abaixo do minuto, com Dawson para 59”83. Mas passou para a final também Katinka Hosszu com 1’00”03 e Daryna Zevina com 1’00”31.

Mas o tempo mais forte das semifinais foi os 2’08”60 justamente da Iron Lady nos 200 medley. Esse não é o melhor tempo de Katinka em 2016, mas nenhuma outra nadadora conseguiu fazer abaixo de 2’09” ainda esse ano.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »