Ouro brasileiro no último dia em Doha

3 de novembro de 2015

ResultadosNenhum comentário em Ouro brasileiro no último dia em Doha

Não tão empolgante como ontem, o segundo dia de finais em Doha teve (finalmente) uma medalha brasileira. Claro que é difícil ter uma medalha brasileira, sem brasileiros participando. Diferente de outros anos, onde a CBDA costumava levar ao menos 4 convocados por etapa, esse ano pouco se viu a touca verde e amarela.

E pra acabar com essa ausência, Bruno Fratus quebrou logo outro “tabu”: o próprio velocista nunca havia subido ao pódio em Copas do Mundo e já foi logo pro topo nos 50 livre, vencendo com 22”28, em cima de Anthony Ervin, que ficou com a prata com 22”47.

Doha foi bem legal e consegui faturar o ouro nos 50 Livre. Agora é hora de partir para Dubai para a última etapa da...

Posted by Bruno Fratus - Oficial on Tuesday, November 3, 2015

Não foi dessa vez que Emily Seebohm bateu o recorde mundial dos 100 costas, ficando mais uma vez a 2 décimos do tempo, com 58”34. Não canso de falar: a consistência da australiana em 2015 é impressionante. A versão masculina, Mitchell Larkin levou tanto os 50 como os 200 costas. Nos 50, ficou empatado com David Plummer com 24”70 e nos 200 não teve dificuldades com 1’53”80.

Doha almost done and dusted! Last night of racing then off to Dubai 🇦🇪 #swc15 #doha

Uma foto publicada por Emily Jane Seebohm (@emcbomb) em

Katinka Hosszu foi ouro nos 400 medley com 4’36”39, prata nos 100 livre com 54”40, prata nos 100 costas com 59”35 e oitavo nos 400 livre com 4’17”68, essa última vencida por Lauren Boyle com 4’06”58.

Bom destacar também Natalie Coughlin, bronze nos 100 costas, nadando para 59”72; Cameron van der Burgh ouro nos 100 peito com 59”68 e Chad Le Clos campeão nos 100 borboleta com bons 51”44

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »