Katie+Ledecky+Pan+Pacific+Swimming+Championships+LGVbRTUoThCx

PAN PAC 2018: Finais Dia 4

12 de agosto de 2018

Pan Pacific 2018Nenhum comentário em PAN PAC 2018: Finais Dia 4

Clique aqui para ver a cobertura completa do PAN PAC

1500 livre feminino

Recorde do PAN PAC: Katie Ledecky – 15’28”36

Katie Ledecky não teve qualquer dificuldade para vencer a prova, chegando 22 segundos à frente da segunda colocada, com 15’38”97. Ainda assim, a norte-americana não parecia satisfeita – o tempo é 18 segundos acima do seu recorde mundial da prova, estabelecido esse ano. De qualquer forma, mesmo quando piora quase 20 segundos, Ledecky continua imbatível nas provas de fundo e é ampla favorita a se tornar a primeira campeã olímpica do 1500 livre em 2020. Ela tem 9 das 10 melhores marcas da prova na história. Seu parcial de 800 livre hoje (8’19) a deixaria em quarto lugar na prova.

A australiana Kiah Melverton chegou em segundo lugar, com 16’00”08, e Leah Smith, que nadou pela manhã na série mais fraca, foi bronze com 16’00”82.

Das dez primeiras colocas na prova hoje, seis eram americanas.

Resultado 1500 livre

Screen Shot 2018-08-12 at 12.11.46 PM

800 livre masculino

Recorde do PAN PAC: Grant Hackett – 7’44”78

Belíssima prova de Zane Grothe, que bateu o recorde do PAN PAC estabelecido por Grant Hackett há 16 anos, nadando para 7’43”74, sua melhor marca pessoal. Grothe, que já havia ficado em terceiro lugar no 400 livre e segundo lugar no 1500 livre, ficou a apenas dois centésimos do recorde americano do 800. Ele nadou negativo, passando 3’53 e voltando para 3’50.

A prata ficou com o americano Jordan Wilimvosky, vencedor do 1500 livre, com 7’45”19. Prata para o australiano Jack McLoughlin, 7’47”31.

Guilherme Costa terminou em quarto lugar, com 7’51”67, sua segunda melhor marca pessoal, ficando perto de seu recorde sul-americano de 7’50”92, estabelecido no Troféu Sette Colli mês passado.

Resultado 800 livre masculino

Screen Shot 2018-08-12 at 11.54.25 AM

200 costas feminino

Recorde do PAN PAC: Elizabeth Pelton – 2’07”48

Kathleen Baker começou forte, abaixo da parcial do recorde mundial nos primeiros 50 metros. Mesmo cansando um pouco no final, Baker terminou em primeiro, com 2’06”14. A marca é novo recorde de campeonato, sua melhor marca pessoal e segundo melhor tempo do mundo esse ano. A versátil Taylor Ruck, campeã do 200 livre, terminou em segundo lugar com 2’06”41, 5 centésimos à frente de Regan Smith, com 2’06”46. Com 16 anos, Smith é atual campeã mundial júnior do 100 e 200 costas e já quebrou vários recordes americanos de categoria que pertenciam à recordista mundial Missy Franklin.

Kyle Masse, única mulher a nadar abaixo de 2’06 esse ano, na seletiva canadense (2’05”98), ficou 1 segundo acima de seu tempo, terminando em quarto lugar com 2’07”00.

Resultado 200 costas feminino

Screen Shot 2018-08-12 at 11.38.36 AM

200 costas masculino

Recorde do PAN PAC: Ryan Murphy – 1’54”07

Ryan Murphy já havia batido o recorde da competição nas eliminatórias, com 1’54”07, e melhorou ainda mais a marca na final, com 1’53”57, ,chegando 1 segundo e meio a frente do segundo colocado. Atual campeão olímpico do 100 e 200 costas, Murphy não venceu nenhuma das duas provas no Mundial de Budapeste e ficou longe de suas melhores marcas, mas agora fez um belo PAN PAC.

Ryosuke Irie chegou em segundo lugar, com 1’55”12, e Matthew Katz, dos EUA, foi bronze, com 1’56”00, deixando Mitch Larkin fora do pódio por 2 centésimos.

Leo de Deus ficou em oitavo na final A, com 2’01”56, piorando 2 segundos frente o tempo das eliminatórias.
Na final B, Brandonn Almeida fez 2’00”79, ficando em sexto, e Leo Santos 2’04”51, chegando em oitavo.

Brasileiros nas eliminatórias: 
Leo de Deus – 9o lugar – 1’59”59
Gabriel Fantoni – 14o Lugar – 2’01”01
Brandonn Almeida – 15o lugar – 2’01”74
Leo Santos – 17o lugar – 2’03”35

Screen Shot 2018-08-12 at 11.55.48 AM

50 livre feminino

Recorde do PAN PAC:Cate Campbell – 23”96

Mais uma grande prova de Cate Campbell, mais um novo recorde de campeonato com 23”81. A marca é 3 centésimos pior que seu melhor tempo desse ano, 23”78.

Simone Manuel repetiu o segundo lugar do 100 livre, ficando com a prata com 24”22. Emma McKeon foi bronze com 24”34.

As duas brasileiras na prova melhoraram seu tempo nas finais.
Larissa Oliveira ficou em oitavo na final A com 25”03, melhorando o 25”23 feito nas eliminatórias.
Lorrane Ferreira nadou a final B, ficando em quarto com 25”08, depois de fazer 25”34 na eliminatória.

Screen Shot 2018-08-12 at 12.27.59 PM

Resultado final A 50 livre 

Resultado final B 50 livre

50 livre masculino

Recorde do PAN PAC: Bruno Fratus – 21”44

Depois de ser o único a nadar abaixo de 22” nas eliminatórias, com 21”83, Michael Andrew venceu a prova do 50 livre, com 21”46, ficando a 2 centésimos do recorde de Bruno Fratus. Caeleb Dressel ficou em segundo lugar, com 21”93, pior do que seu tempo de 21”67 na seletiva americana. O canadense Yuri Kisil completou o pódio com 22”02.

Com apenas dois nadadores abaixo de 22” na final, foi uma prova mais fraca do que a última edições do PAN PAC e do que o Europeu, onde 5 nadadores nadaram abaixo de 22” e Ben Proud venceu com 21”34.

Entre os brasileiros, Pedro Spajari ficou em sexto lugar, com 22”30, e Marcelo Chierighini ficou em oitavo, com 22”50. No Maria Lenk, Pedro fez 21”80, enquanto Marcelo e Gabriel Santos fizeram 22”23, em prova vencida por Bruno Fratus com 21”35. Fratus optou por não nadar o Pan Pacific.

Na final B, Gabriel Santos melhorou 10 centésimos frente às eliminatórias, com 22”39, chegando em quarto.

Brasileiros nas eliminatórias: 
Pedro Spajari – 6o lugar – 22”32
Marcelo Chierighini – 7o lugar – 22”34
Gabriel Santos – 8o lugar – 22”49
Marco Ferreira Junior – 22o lugar – 23”16

Final A:

Screen Shot 2018-08-12 at 11.42.24 AM

Resultado Eliminatórias 50 livre masculino

Resultado final A 50 livre masculino

Resultado final B 50 livre masculino

200 peito feminino

Recorde do PAN PAC: Rebecca Soni – 2’20”69

Vitória da nadadora norte-americana Micah Sumrall (Micah Lawrence antes de se casar), com 2’21”88, terceiro melhor tempo do mundo este ano. Micah foi medalhista da prova nos mundiais de 2013 e 2015 e sexta colocada nas Olimpíadas de Londres, mas não se classificou para os Jogos de 2016. Depois disso, parou de nadar por cerca de um ano, mas voltou às piscinas, venceu a seletiva americana e agora conquistou o ouro no PAN PAC, chegando à frente de Lily King, prata com 2’22”12. Satomi Suzuki foi bronze, com 2’22”22.

Vale destacar ainda o sétimo lugar da argentina Julia Sebastian, com 2’25”55, ficando a apenas 4 centésimos de seu recorde sulamericano. Macarena Ceballos foi oitava com 2’29”51.

Resultado 200 peito feminino

Screen Shot 2018-08-12 at 11.32.35 AM

200 peito masculino

Recorde do PAN PAC: Josh Prenot – 2’08”02

Resultado 200 peito masculino

Vitória do recordista mundial da prova Ippei Watanabe, com 2’07”75, batendo o recorde de campeonato, que havia sido estabelecido pelo americano Josh Prenot nas eliminatórias (2’08”02). Prenot não conseguiu repetir a marca na final, ficando em quinto com 2’08”44. Ele ainda tem o segundo melhor tempo de 2018, pelo seu 2’07”28 feito na seletiva americana.

A melhor marca do ano é do russo Anton Chupkov, que venceu o Europeu com 2’06”80, apenas 13 centésimos acima do recorde mundial.

O pódio no PAN PAC foi completado pelos jovens australianos Zach Stubblety-Cook (19 anos) e Matthew Wilson (20 anos), com 2’07”89 e 2’08”22. Wilson estava em primeiro até os 150 metros, mas cansou no último parcial e terminou com o bronze.

 

Screen Shot 2018-08-12 at 12.38.40 PM

4×100 medley feminino

Recorde do PAN PAC: EUA – 3’55”23

Mais uma vitória da Austrália, terminando a competição com 100% de ouros nos revezamentos femininos.

Kyle Masse abriu na frente para o Canadá com 58”63, com Natsumi Sakai em segundo para o Japão (59”20), Emily Seebohm em terceiro para Austrália (59”28) e Kathleen Baker em quarto para os EUA (59”41).

Lily King colocou os EUA na frente com um excelente parcial de 1’04”86 no peito.

No borboleta, melhor parcial para o Japão com Rikako Ikee (55”48).

A campeã olímpica Simone Manuel caiu em primeiro para os EUA, com o Japão em segundo e Austrália em terceiro.

Mas Cate Campbell fez a diferença, e com mas um incrível parcial final (dessa vez 51”19), colocou a Austrália na frente, ganhando com meio segundo de distância para os EUA. Com 3’52”64, a marca é novo recorde de campeonato. A prova coroa um PAN PAC praticamente perfeito para Cate, que sai da competição com cinco ouros, tendo feito a diferença em todos os revezamentos.

EUA foram prata com 3’53”21 e Japão foi bronze com 3’55”03.

Destaque ainda para o parcial de Taylor Ruck fechando (51”72), deixando o Canadá a apenas 11 centésimos do pódio.

Resultado 4×100 medley feminino

Screen Shot 2018-08-12 at 11.20.55 AM

4×100 medley masculino

Recorde do PAN PAC: EUA – 3’29”94

Prova muito disputada entre EUA e Japão, vencida pelos americanos por apenas 5 centésimos.

Ryosuke Irie abriu na frente para os japoneses, 52”61, contra 52”70 de Ryan Murphy. Os dois haviam nadado a final do 200 costas pouco antes do revezamento.

Yasuhiro Koseki ampliou a diferença para os japoneses, com 58”62, contra 59”15 de Andrew Wilson dos EUA.

Caeleb Dressel diminuiu a diferença para os EUA, com parcial de 50”64 no borboleta, contra 51”19 de Yuki Kobori.

Nathan Adrian e Katsumi Nakamura caíram praticamente juntos para fechar o crawl. O campeão olímpico de 2012 do 100 livre levou a melhor, com 47”71, contra 47”83 do japonês. Ouro para os EUA, com 3’30”20, prata para o Japão, 3’30”25.

As duas seleções fizeram tempo melhor que a Grã Bretanha para vencer o Europeu, 3’30”44.

Quem também chegou perto foi a Austrália, com o ótimo parcial de Kyle Chalmers, fechando para 46”91. Os australianos terminaram em terceiro com 3’30”52.

Brasil terminou em quarto lugar com 3’32”16.

Parciais dos brasileiros: 
Gabriel Fantoni – 53”72
João Luiz gomes Junior – 59”05
Vinicius Lanza – 51”68
Pedro Spajari – 47”71

Revezamento 4×100 medley masculino

Screen Shot 2018-08-12 at 12.36.17 PM

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »