Resumo das eliminatórias – Dia 2

29 de julho de 2012

Londres 2012, ResultadosNenhum comentário em Resumo das eliminatórias – Dia 2

100 costas feminino – Todas as favoritas se classificaram. A australiana Emily Seebohm  foi de longe a melhor de todas pela manhã, e de quebra fazendo o melhor tempo do ano e batendo o recorde olímpico, com o forte tempo de 58”23, 11 centésimos do recorde mundial. Fabiola Molina terminou em 24º com 1’01”40, passando fraco para 30”15. Missy Franklin, Anastasia Zueva, Rachel Bootsma, Kirsty Coventry, Gemma Spofforth, Belinda Hocking e Aya Terakawa também estarão hoje disputando vaga na final. Laure Manaudou terminou em 22º.

Tempo para entrar na semifinal: 1’00”25
10 nadadoras abaixo do minuto
 

200 livre masculino – Dos grandes nomes, todos pouparam. Melhor tempo para o chinês Sun Yang com 1’46”24. Ryan Lochte, Yannick Agnel, Danila Izotov, Paul Biedermann, Ricky Berens, Tae Hwan Park… todos se classificaram. Sem brasileiros na prova. O paraguaio Benjamin Hockin terminou em 26º: 1’48”91, o colombiano Cristian Quintero em 22º 1’48”71.

Tempo para entrar na semifinal: 1’47”97
7 nadadores para 1’46”
 

100 peito feminino – Lituânia é a nova potência mundial do nado peito? Ontem no masculino, a surpresa para final de hoje foi o lituano Giedrius Titenis. Hoje, a lituana Ruta Meilutyte não só surpreendeu entrando na semifinal com o melhor tempo do dia, como do ano e oitavo melhor tempo da história: 1’05”56. Rebecca Soni, Leisel Jones, Yulia Efimova, Breeja Larson estão muito bem classificadas.

 Tempo para entrar na semifinal: 1’07”85
2 nadadoras para 1’05”
3 para 1’06”
 

100 costas masculino – Daniel Orzechowski também não se classificou, mas ao contrário de Fabíola, por ter passado muito forte: 26”03. Terminou na 28ª colocação, com 55”16. Se tivesse repetido o tempo feito no Maria Lenk, teria se classificado. Matt Greevers foi o único na casa dos 52”, com 52”92 nadando muito fácil. Ryosuke Irie, Nick Thoman, Camille Lacourt, Liam Tancock, Hayden Stoeckel, Arkady Vyatchanin, Aschwin Wildeboer estão classificados.

Tempo para entrar na semifinal: 54”36
8 na casa dos 53”
1 na casa dos 52”
 

400 livre feminino – Muito nome forte ficou de fora da final. As grandes favoritas se classificaram, destaque para a atual campeã olímpica Rebecca Adlignton que entrou com o oitavo tempo. A melhor classificada foi talvez a maior favorita de todas Camille Muffat com 4’03”29, logo seguida por Allison Schmitt, com 4’03”31. Federica Pellegrini também se classificou, assim como a dinamarquesa Lotte Friis. Ausência hoje à noite de Chole Sutton, Mireia Belmonte e das duas australianas.

Tempo para entrar na final: 4’05”75
4 na casa de 4’03”
1 na casa de 4’04”
 

4×100 livre masculino – Prova boa para analisar. Primeiro analisar a decisão de poupar Cesar Cielo (de novo). O Brasil terminou novamente em 9º, por exatos 36 centésimos. Com Cesar Cielo (sem se quer precisar nadar 100%) tiraria essa diferença, já que Nicholas Santos nadou para 49”68. Como disse Brendan Hansen ontem, após se classificar com o oitavo tempo: “Você tem uma raia, você tem uma oportunidade”. Foi o que fez o Brasil em 2000, ganhando o bronze nesse mesmo revezamento. Matt Greevers, favoritíssimo nos 100 costas não se poupou, até James Magnussen se dispôs a nadar as eliminatórias. Tínhamos sim chances de pegar uma final sem Cielo, mas com ele seria praticamente certo, enfim.

Dos que estarão nadando hoje, a Australia está com o melhor tempo. Estados Unidos, Russia, França, Alemanha, Belgica, África do Sul e Itália são os outros países.

Melhor parcial abrindo: Andrey Gretchin da Rússia – 48”19
Melhor parcial lançada: James Magnussen – 47”35
Alguns adversários de Cielo na prova individual: Brent Hayden (48”42 abrindo), James Roberts (48”22 lançado), Nikita Lobintsev (47”56 lançado)
Parciais brasileiras: Nicolas Oliveira (49”31), Bruno Fratus (48”98), Nicholas Santos (49”68), Marcelo Chierigihini (48”17)
 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »