Último dia de Chico Piscina; e os melhores de Mococa

11 de outubro de 2015

ResultadosNenhum comentário em Último dia de Chico Piscina; e os melhores de Mococa

Talvez não tão “quente” como ontem, mas a terceira etapa do Chico Piscina manteve-se com um ótimo nível, apesar de não ter tido nenhum recorde tanto em provas individuais, como em revezamentos.

A começar por Maria Paula Heitmann, que levou mais um ouro, agora nos 100 livre com o bom tempo de 56”57, seguida por Rafaela Raurich com 57”76 e Clarissa Rodrigues com 58”06.

Bom resultado também da carioca Maria Pessanha, que venceu os 100 costas juvenil com 1’04”34, seguida de perto pela paulista Beatriz Lima com 1’04”69. O bronze ficou com Fernanda Goeij com 1’05”90.

Fora isso, vitória de Sofia Rondel nos 100 livre infantil feminino com 59”18. No masculino da mesma categoria, o ouro ficou com Eduardo Martiniano com 53”76, único abaixo dos 54 segundos. Murilo Sartori, ainda infantil I, ficou com a prata com 54”47.

No juvenil masculino, o campeão foi Breno Correia com 51”29, com quase 1 segundo de vantagem do segundo colocado.

Nas provas de 100 costas infantil, vitória da argentina Cantera Lola no feminino com 1’07”86, com Maria Sertã como melhor brasileira com 1’08”57; e Victor Rocha no masculino levou com 1’01”43, mais de um segundo de vantagem sobre o segundo colocado. E no juvenil masculino, ouro para João Victor Pena com 58”47.

Nos revezamentos 4×100 medley, a seleção paulista venceu três das quatro disputas: no infantil feminino, e nas duas provas juvenis. No infantil masculino, a vitória ficou por conta dos cariocas.

Os melhores do Chico

Interessante que esse ano, em todas as categorias o mesmo vencedor do Troféu Eficência também ganhou o Troféu de Índice Técnico.

No infantil feminino, Maria Eduarda Sumida foi soberana. Levou tanto o troféu eficência, sendo a única a vencer três provas individuais (200 livre, 400 livre e 200 medley – essa com recorde campeonato) com 37 pontos, como o troféu de melhor índice técnico, pela prova dos 400 com 4’25”02, somando 862 pontos.

No infantil masculino, ainda mais impressionante foi ter Murilo Sartori como grande destaque, considerando que o jovem paulista ainda é Infantil I. Apesar de não ter vencido as três provas individuais, foi o atleta mais eficiente com 35 pontos (ouro nos 200 – com recorde – e 400 livre e prata nos 100 livre) e ainda teve os dois melhores índices técnicos do infantil, sendo os 400 livre como melhor prova com seus 4’08”19, que deram 826 pontos.

No juvenil feminino, Maria Paula Heitmann foi o grande nome da competição. Somou impressionantes 47 pontos, vencendo os 100, 200 e 400 livre, essas duas últimas com novo recorde de campeonato e ainda teve o melhor índice técnico pelos 200 com seus 2’00”71, dando a maior pontuação da competição com 927 pontos.

Caio Pumputis foi o nome do juvenil masculino. Mesmo competindo apenas duas provas individuais, conseguiu levar a melhor eficiência, graças a seu histórico recorde nos 200 medley, que por sinal também lhe deu o melhor índice técnico da categoria com 899 pontos pelos 2’03”75.

Ao final da competição, São Paulo ficou com o título na pontuação geral com mais que o dobro de pontos do Rio, segundo colocado: 550 x 251.

chico piscina seleção paulista campeã 2015

Foto: FAP

Pontuação Infantil

Pontuação Juvenil

Veja também os resultados finais completos.

 

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »