Minha série mais marcante: Joanna Maranhão

30 de maio de 2014

Minha série mais marcanteNenhum comentário em Minha série mais marcante: Joanna Maranhão

Joanna Maranhão está vivendo os primeiros meses de ex-nadadora e ainda por cima treinadora de natação. E vou te falar, se Joanna repassar só um pouquinho do que sofreu em treinos durante a carreira, o pessoal novinho da equipe do Nikita tá ferrado (mas se esse pessoal render metade dos frutos que Joanna colheu com esses mesmos treinos, de ferrados eles não vão ter nada).

Pois é dela a série mais marcante dessa sexta. A nadadora dispensa apresentações… finalista olímpica, medalhista pan-americana, recordista sul-americana e sabe-se lá quantas vezes campeã brasileira. Versátil, talentosa. O que é necessário pra fazer uma pessoa dessa sofrer no treino? Parece que Anthony Nesty tem várias respostas para essa pergunta, mas a principal, Joanna nos contou. Foi treinando na Florida, com o treinador e campeão olímpico:

3×400 medley a cada 5’30”
6×100 (50 borbo, 50 costas) a cada 1’30”
3×400 medley a cada 5’30”
6×100 (50 costas, 50 peito) a cada 1’35”
3×400 medley a cada 5’30”
6×100 (50 peito, 50 crawl) a cada 1’35”
“Fiz essa série na Flórida, na longa e sozinha. O Nesty botou na cabeça que queria me propor um desafio e foi isso aí. Sempre treinei muito forte, isso nunca foi problema pra mim, mas essa eu consigo lembrar bem da dor.”

Voluminho de série básico de 5400m, mais que o treino de muita gente.

Posts relacionados

0 comentários em "Minha série mais marcante: Joanna Maranhão"

  1. Parabéns pela carreira!
    Fui sua técnica”fichinha” dentro das suas histórias de treinos….
    Bjs

  2. Paloma Fleck disse:

    Grande Joanna, parabéns pela carreira vitoriosa.
    Sucesso fora das piscinas ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »