Bulldog Grand Slam – Resumo

Minha série mais marcante: Paula Baracho

6 de março de 2015

Minha série mais marcante1 comentário em Minha série mais marcante: Paula Baracho

Mais uma vez, celebrando a semana do lançamento do documentário As Meninas de Atenas, nada mais justo que falar sobre a série mais marcante de uma das cinco protagonistas! A série de hoje é de Paula Baracho, pernambucana que destacou-se enquanto competia pelo Pinheiros em São Paulo.

Possui três medalhas pan-americanas de três edições diferentes, todas no revezamento 4×200 livre: Winnipeg 99, Santo Domingo 2003 e Rio 2007. É finalista olímpica também pelo mesmo revezamento, em Atenas 2004 e finalista mundial no mesmo ano em Indianápolis.

Lembrou de duas séries que a marcaram muito:

A primeira que me veio a mente foi os 100×100 feitos com Tatiana Lemos no Pinheiros, mas como ela já contou essa, lembrei de outras duas. A primeira foi feita com o Albertinho:
1×50 AN
1×100 AN
2×200 AN
1×100 AN
1×50 AN
Ele ia dando os tempos pra fazer e quem conseguisse podia parar, lembro que só consegui parar no segundo de 200, mas já tava passando mal… não lembro dos tempos, mas lembro que as metas eram bem difíceis e cada tiro que passava, ficava mais difícil.

A outra série foi com Alberto Klar, também no Pinheiros, no meu primeiro ano em 2003:
10×400 a cada 5’20”
Nessa época, eu estava muuuuuito bem. Estava fazendo muito fácil média de 4’45” e eu nem sentia. Parecia um reloginho e ele ficou bastante impressionado. Depois ainda diminuiu o intervalo para 5’10”.

Posts relacionados

Um comentário em "Minha série mais marcante: Paula Baracho"

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »