Minha série mais marcante: Samir Barel

26 de setembro de 2014

Minha série mais marcante1 comentário em Minha série mais marcante: Samir Barel

Se na corrida existe a categoria de ultramaratonista, esse seria o termo adequado para definir Samir Barel nos mares. Afinal, nadar provas acima de 30km merece uma categoria à parte. Mas porque falar de 30, se ele é capaz de competir 88? Sim, você não leu errado e nem eu errei nos dígitos: 88 quilômetros, ou 88 mil metros, se preferir.

Esse ano, Samir somou mais de 300km competidos no Grand Prix de Maratonas Aquáticas, organizado pela FINA. Provas duras como os 88km do Rio Paraná, os 45km da Ilha de NY e os tradicionais 36km da Travessia Capri-Nápoli.

Mas afinal, o que seria uma série mais marcante para um nadador desse porte? Pois você acreditaria se eu dissesse que são os lendários, mas factíveis, 100×100?

Segue uma série “chata”, mas que psicologicamente me fez muito bem!
100×100, sendo:
30: a cada 1’20”
30: 3 tiros a cada 1’20”, 2 tiros a cada 1’15”
30: 3 tiros a cada 1’15”, 2 tiros a cada 1’20”
5: a cada 1’15”
5: a cada 1’10”
Com médias de 1’09” a 1’11” e os últimos 10 abaixo de 1’05”

Mas calma.. deixa antes eu assimilar.
88 quilômetros? É isso mesmo?

Posts relacionados

Um comentário em "Minha série mais marcante: Samir Barel"

  1. João Victor disse:

    Eu já fiz 100×100, mas a cada 1’30, 1’25 e 1’20. Hahahhah Com 1’15 e 1’10 só com ele mesmo ! Booa !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

« »